Sábado, 04 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Magazine Magnetismo holandês

Liana Timm e Lenira Fleck tiveram os cumprimentos de Ingrid de Kroes no vernissage da sua mostra “Doce Holandês” no MARGS. (Foto: Vilmar Carvalho/divulgação)
Gasparotto  

“Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar.”

Vincent van Gogh

  • Liana Timm explica, entre outras razões, o nome escolhido para sua exposição “Doce Holandês”, comentando “Uma abertura para vários caminhos”. A preferência permite compreender muito do seu estilo empreendedor, sempre buscando novas experiências.
  • Inaugurou sua mostra na noite de terça-feira, e no dia seguinte apresentou “Freud & Jung”, com Lenira Fleck, companheira igualmente na mostra de telas como curadora, e Janaina Pelizzon. Tanto no Margs, onde a exposição contou com o lançamento de seu 13º livro de poesias, “Incessante”, como no Theatro São Pedro, estiveram muitos interessados.
  • A artista múltipla brindou com Ingrid de Kroes, a cônsul da Holanda, e seu marido, Thomas Herrmann, com uma autêntica genebra, ou zinebra – a ou aguardente composta de zimbro, destilado cuja origem é a Holanda. O casal esteve no museu participando do vernissage que contou  com o fotógrafo Vilmar Carvalho, parceiro de Liana em várias atividades artísticas, Rosane Cardoso, Graça Nunes, Carlota Albuquerque e outros convidados.
  • O encantamento da Holanda, seus mestres e sabores se completou com o stroopwafel especialmente enviado por Willem Vos. O visual da mostra impressiona, pois tem inúmeros trabalhos recordando Bosh, entre outros grandes mestres da arte dos Países Baixos.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Magazine

Preferências das celebridades
Agenda
Deixe seu comentário
Pode te interessar