Sábado, 04 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

Acontece Maior floricultura do Brasil cria startup para oferecer soluções em inovação

Compartilhe esta notícia:

Bruno Esperança, diretor geral do Grupo Esal, que além da Esalflores engloba a Esalgarden, a Esalcafé e a Esalpet.

Foto: Divulgação

Desde sua fundação, em 1996, na cidade de Curitiba (PR), a Esalflores se destaca no mercado pelos produtos de excelência e, principalmente, pioneirismo em serviços inovadores. Maior rede de floriculturas do país, com entrega disponível para todos os estados brasileiros, totalizando 815 cidades, e mais de 100 pontos de venda físicos espalhados pelo Brasil, o empreendimento é hoje um dos principais cases de sucesso no segmento da floricultura, onde promoveu uma verdadeira revolução tecnológica e de conceitos. Idealizadora de estratégias arrojadas e originais para venda e distribuição, a empresa deu um passo importante na iniciativa de aperfeiçoar e modernizar constantemente a sua forma de comércio e gerenciamento: fundou a Esallabs, startup concebida internamente para atender as demandas de inovação da floricultura.

Consagrada como referência em inovação e criatividade, a Esalflores sempre esteve à frente do seu tempo. Foi precursora em implantar práticas automatizadas e tecnologias avançadas em suas dinâmicas, como instituir um sistema de televendas, catálogo virtual e recebimentos por cartão de crédito, e mais recentemente o pagamento com QR Code.  “Desde o início de nossa história focamos no aprimoramento das rotinas. Enquanto a maioria da empresas optava por controlar as vendas na informalidade, a Esalflores estreou com sistema de gestão ERP, por exemplo. Acompanhamos a difusão da internet no final da década de 90, fomos a primeira floricultura a desenvolver um catálogo online e, no início dos anos 2000, já atuávamos com a plataforma de e-commerce. Sempre pensamos grande mesmo sendo pequenos na época”, conta Bruno Esperança, diretor geral do Grupo Esal, que além da Esalflores engloba a Esalgarden, a Esalcafé e a Esalpet.

Em 2015, a empresa ganhou destaque nacional com o lançamento da Flower Machine, que revolucionou o segmento ao comercializar flores e plantas em máquinas semelhantes às de refrigerante, e que hoje está presente em mais de 50 endereços, entre shoppings e aeroportos, em 21 estados brasileiros. A necessidade de obter uma ferramenta de gestão específica para a vending machine, foi um dos estímulos para a estruturação do setor que futuramente se tornaria a Esallabs. “Sempre tivemos dificuldade em encontrar sistemas específicos para as nossas necessidades dentro da floricultura, as poucas opções que existiam, não acompanhavam nossa estrutura, ou eram mecanismos muito limitados. Testamos os serviços de algumas empresas, que sempre nos atenderam bem, mas de forma restrita, até que, 3 anos atrás, optamos por investir em um laboratório interno de inovação”, explica Esperança.

Otimização de processos

Com o objetivo de potencializar a forma de gerenciamento, o laboratório Esallabs passou a desenvolver todos os sistemas de ERP do Grupo Esal. “As demandas foram surgindo, o desenvolvimento de soluções e novos softwares crescendo cada vez mais, até o setor de inovação se tornar uma startup. Hoje, a Esallabs já recebeu um investimento de cerca de R$4 milhões, é uma empresa independente dentro do grupo Esal e possui um vasto portfólio no desenvolvimento de sistemas pensados especificamente para as vertentes  de floricultura, petshop e café”, declara o empresário.

Entre os produtos desenvolvidos pela Esallabs está o sistema de telemetria elaborado especialmente para a gestão de equipamentos de Vending Machines, que permite controlar remotamente toda operação, estoque e gerenciamento das máquinas; pontos de venda com sistema TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) direto sem necessidade de intermediários; e concepção de sistema ERP na Nuvem, possibilitando que todos as atividades da empresa estejam conectadas ao sistema completo de gestão por meio de uma conexão de internet GPRS, diretamente no Navegador, sem a necessidade de instalação de programas. Além da criação de aplicativos de gestão para o conceito “Store in Store”, que controla o funcionamento de cada loja em tempo real e aplicativos móveis para o acompanhamento de entregas, focados na redução do uso de papéis.

Expansão

Mais do que desenvolver softwares para o controle de atividades administrativas, a Esallabs criou novas formas de gerenciar negócios de varejo em geral, e pretende expandir suas operações e comercializar as soluções. “Descobrimos formas de eliminar problemas que antes representavam grandes dificuldades para nossa gestão, e queremos disponibilizar o acesso as nossas plataformas para o mercado, pois enxergamos como uma maneira de colaborar com a evolução do gerenciamento de varejo no Brasil”, comenta Bruno Esperança.

A intenção da startup é futuramente oferecer softwares e ERPs também para outras empresas da área, com a vantagem de que todas as ferramentas já foram testadas dentro dos ambientes do Grupo Esal, fazendo com que sejam muito mais efetivas quando lançadas. “Já liberamos softwares e aplicativos em teste para algumas empresas e fomos surpreendidos com a eficiência e aceitação dos nossos sistemas. Sem exceção todos os estabelecimentos que aderiram tem se surpreendido com as soluções da Esallabs”, completa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Especializado em carnes nobres, La Caceria oferece experiências marcantes aos amantes da gastronomia
Faltando apenas dois meses para o Carnaval é grande a movimentação de pessoas procurando ingressos
Deixe seu comentário
Pode te interessar