Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
29°
Mostly Cloudy

Viagem e Turismo Mais do que nunca, a moda agora é viajar para Cuba

Neste ano, 2 milhões de turistas já foram recebidos na ilha. (Foto: Reprodução)

Cuba já recebeu, neste ano, 2 milhões de turistas estrangeiros, uma cifra que encaminha a ilha para um recorde de visitantes após o início de sua reaproximação com os Estados Unidos. O Ministério do Turismo cubano destacou, em um comunicado, que a ilha alcançou em 12 de junho os “2 milhões de visitantes” 27 dias antes do que no ano passado.

Canadá, Alemanha, Reino Unido, Estados Unidos, França, Itália, Espanha, México e Argentina contribuíram “de forma significativa” com o crescimento do turismo em Cuba.

No ano passado, o destino do Caribe recebeu 3,5 milhões de turistas, 17% a mais que em 2014. Até o final de 2016, espera chegar aos 3,85 milhões de visitantes. Só as visitas procedentes dos Estados Unidos tinham aumentado 93% até abril passado, em relação ao mesmo período de 2015, e alcançado os 94 mil americanos, também segundo o Ministério do Turismo.

Os americanos que viajam para a ilha como visitantes, devido ao embargo em vigor desde 1962, ainda não estão autorizados a fazer turismo livremente. Mesmo assim, o governo de Barack Obama – que restabeleceu relações diplomáticas com Cuba em julho de 2015 – flexibilizou algumas restrições e propiciou o aumento das viagens.

Com o aumento de turistas, a ilha enfrenta o “desafio” não mais de atrair visitantes, mas de gerir sua maciça chegada, declarou o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo, Taleb Rifai.

As autoridades cubanas traçam agora projetos de renovação e de construção de hotéis para atender ao crescente fluxo de turistas, segunda fonte de divisas da ilha depois dos serviços médicos. Em 2015, a receita com o turismo foi de 2,8 bilhões de dólares.

“Além de continuar elevando a qualidade dos nossos serviços e continuar diversificando nosso produto turístico, também se concluem novas capacidades hoteleiras em importantes polos como Havana, Varadero, Cayo Santa María, Jardins del Rey e Holguín”, observou o ministério.

Voltar Todas de Viagem e Turismo

Compartilhe esta notícia:

Disney fecha praias e revê sinalização sobre jacarés após morte de menino
País mais rico do mundo, Qatar tem a quinta maior concentração de trabalho escravo
Deixe seu comentário
Pode te interessar