Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Mostly Cloudy

Porto Alegre Mais seis unidades de saúde ampliam seu horário de funcionamento em Porto Alegre

Porto Alegre conta com 22 unidades de saúde com atendimento ampliado

Foto: Cesar Lopes/ PMPA
Porto Alegre conta com 22 unidades de saúde com atendimento ampliado. (Foto: Cesar Lopes/PMPA)

Porto Alegre tem mais seis unidades de saúde funcionando por tempo ampliado a partir desta semana, em diferentes regiões, sem fechar ao meio-dia. As unidades Assis Brasil, Cristal, Ernesto Araújo, Mapa e Nossa Senhora de Belém atendem das 7h às 19h. Já a Vila Jardim funciona das 8h às 20h.

A intenção é aumentar o acesso das pessoas às unidades, reduzir o volume de usuários com baixo risco nas emergências e expandir a cobertura da Estratégia de Saúde da Família. Os serviços integram o Programa Saúde na Hora, do Ministério da Saúde, que fornece incentivo financeiro para ampliação do horário de atendimento.

Considerando outras dez unidades que ampliaram atendimento em janeiro e as de atendimento até 22h, já são 22 serviços nessa modalidade. Os primeiros quatro com funcionamento até 22h serviram de referência nacional.

Juntas, as unidades São Carlos, Modelo, Tristeza e Ramos realizaram mais de 150 mil atendimentos desde março de 2017, somente entre 17h e 22h. Nos locais, são ofertadas consultas médicas, de enfermagem e odontológicas, além de curativos, aplicação de vacinas e coleta de exames laboratoriais.

Equipes completas 

As unidades Assis Brasil, Cristal, Ernesto Araújo, Mapa, Nossa Senhora de Belém e Vila Jardim passam agora a prestar assistência até as 19h ou 20h, dependendo da demanda local. Cada uma deve fazer dois mil atendimentos por mês, ampliando a oferta de serviços à comunidade.

A exemplo dos serviços que iniciaram atendimento em janeiro nessa modalidade, as estruturas têm equipes completas formadas por profissionais ligados a organizações sociais – Sociedade Sulina Divina Providência, Irmandade Santa Casa, Associação Hospitalar Vila Nova e Instituto de Cardiologia.

Os serviços serão prestados pelas entidades levando em conta indicadores de qualidade, de modo que não ocorra, por exemplo, falta de profissionais. O trabalho será monitorado pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde, e os atendimentos seguirão a Carteira de Serviços da Atenção Primária do Município, deixando claro às pessoas quais os serviços e ações elas encontrarão nos postos.

A homologação e adesão de unidades ao Programa Saúde na Hora foram feitas em junho de 2019. Desde então, a Capital teve um prazo de quatro meses para adequar os serviços aos critérios determinados.

Entre as exigências para receber o incentivo do ministério estão manter as unidades abertas à noite, ter gerente de unidade, manter o prontuário eletrônico atualizado, ter infraestrutura adequada para comportar as equipes e permanecer em funcionamento no horário do almoço. Para o custeio dessas estruturas, o Município recebe cerca de R$ 1,25 milhão por mês, totalizando mais de R$ 12 milhões ao ano.

Unidades com funcionamento das 8h às 22h

– Modelo (Região Central)
– Tristeza (Região Sul/Centro Sul)
– Diretor Pestana (Região Noroeste/Humaitá – Navegantes/Ilhas)
– Ramos (Região Norte/Eixo Baltazar)
– São Carlos (Região Partenon/Lomba do Pinheiro)
– Primeiro de Maio (Região Glória/Cruzeiro/Cristal)

Unidades com funcionamento das 8h às 20h
– Santo Alfredo (Região Partenon/Lomba do Pinheiro)
– Lami (Região Restinga/Extremo Sul)
– Vila Jardim (Leste/Nordeste)

Unidades com funcionamento das 7h às 19h
– Glória (Região Glória/Cruzeiro/Cristal)
– Moab Caldas (Região Glória/Cruzeiro/Cristal)
– Guarujá (Região Sul/Centro Sul)
– Campo Novo (Região Sul/Centro Sul)
– Moradas da Hípica (Região Sul/Centro Sul)
– Farrapos (Região Noroeste/Humaitá/Navegantes/Ilhas)
– Campo da Tuca (Região Partenon/Lomba do Pinheiro)
– Macedônia (Região Restinga/Extremo Sul)
– Assis Brasil (Norte/Eixo Baltazar)
– Cristal (Glória/Cruzeiro/Cristal)
– Ernesto Araújo (Leste/Nordeste)
– Mapa (Partenon/Lomba do Pinheiro)
– Nossa Senhora de Belém (Glória/Cruzeiro/Cristal).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

O Rio Grande do Sul vai antecipar a vacinação do rebanho bovino e bubalino contra a febre aftosa
Hong Kong apura se coronavírus foi transmitido por encanamento
Deixe seu comentário
Pode te interessar