Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Mostly Cloudy

Mundo Militares brasileiros em Beirute estão bem, diz a Marinha

Compartilhe esta notícia:

Explosão em Beirute.

Foto: Reprodução
Suspeita é de que a explosão aconteceu em um depósito de nitrato de amônio, um tipo de fertilizante, na zona portuária de Beirute. (Foto: Reprodução)

A Marinha do Brasil informou nesta terça-feira (4) que os militares que compõem a Força Tarefa Marítima da corporação, em Beirute, estão bem e não foram atingidos pela grande explosão ocorrida na região portuária da capital do Líbano.

“A Fragata Independência encontra-se operando no mar, normalmente. O navio estava distante do local onde ocorreu a explosão. Outras informações serão passadas tempestivamente”, informou o Centro de Comunicação Social da Marinha, em nota à imprensa.

A explosão ocorreu na região portuária de Beirute, onde existem armazéns que abrigam explosivos.

Itamaraty acompanha situação de brasileiros em Beirute após explosão

O MRE (Ministério das Relações Exteriores) emitiu nota oficial nesta terça-feira (4) em que manifesta solidariedade ao povo e ao governo do Líbano após uma grande explosão ter ocorrido em um armazém na região portuária de Beirute, capital do país, que fica no Oriente Médio, à beira do Mar Mediterrâneo.

De acordo com o Itamaraty, “não há, até o momento, notícia de cidadãos brasileiros mortos ou gravemente feridos”. A pasta acompanha a situação por meio da embaixada brasileira no país, cuja sede fica a cerca de 8 quilômetros da zona onde ocorreu a explosão. Também foram disponibilizados números de telefone e e-mail para contato com a assistência consular no país e também em Brasília.

Depois da explosão, a Marinha do Brasil informou que os militares que compõem a Força Tarefa Marítima da corporação, em Beirute, estão bem e não foram atingidos explosão.

Confira a íntegra da nota do governo brasileiro:

“O governo brasileiro solidariza-se com o povo e o governo do Líbano pelas vítimas fatais e pelos feridos atingidos pelas graves explosões que tiveram lugar hoje no porto de Beirute.

O Ministério das Relações Exteriores acompanha com atenção os acontecimentos na cidade e está pronto para prestar a assistência consular cabível. Não há, até o momento, notícia de cidadãos brasileiros mortos ou gravemente feridos.

O Itamaraty seguirá acompanhando a situação por meio da Embaixada do Brasil em Beirute, em coordenação com a DAC (Divisão de Assistência Consular) em Brasília.

O telefone de plantão consular da Embaixada do Brasil em Beirute está disponível para informações sobre a situação dos brasileiros no Líbano pelo número +961 70108374. O núcleo de assistência a brasileiros do MRE em Brasília também está à disposição para informações, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, pelos telefones +55 61 2030 8820/6756/6753 e pelo e-mail dac@itamaraty.gov.br. Nos demais horários, poderá ser contatado o telefone do plantão consular da Secretaria de Assuntos de Soberania Nacional e Cidadania do Itamaraty pelo número +55 61 98197-2284.”

O primeiro ministro do Líbano, Hassan Diab, disse que os responsáveis pela explosão no “armazém perigoso”, que abalou vários pontos da capital libanesa, vão pagar ou preço.

“Eu prometo a você que essa catástrofe não passará sem responsabilidade”, disse ele em um discurso na televisão.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

A proporção de jovens com coronavírus triplicou em cinco meses
Porto Alegre tem 8.778 casos de coronavírus e 397 mortes pela doença
Deixe seu comentário
Pode te interessar