Quarta-feira, 08 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Rain

Rio Grande do Sul Ministério Público do Trabalho pede a interdição de frigorífico em Caxias do Sul

Compartilhe esta notícia:

Um surto de coronavírus foi detectado na unidade da JBS

Foto: Divulgação
Um surto de coronavírus foi detectado na unidade da JBS. (Foto: Divulgação)

O MPT-RS (Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Sul) pediu à Justiça, nesta quarta-feira (03), a interdição do frigorífico da JBS no bairro de Ana Rech, em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, devido a um surto de coronavírus na unidade.

O órgão informou que dados da Secretaria Municipal da Saúde apontam que 21 dos 1,7 mil trabalhadores do frigorífico testaram positivo para a Covid-19.

A empresa recebeu, na segunda-feira (1º), prazo de 24 horas para firmar termo de ajustamento de conduta com medidas para conter a doença, mas informou que não tem interesse, conforme o MPT-RS.

Confira abaixo o documento ajuizado pelo Ministério Público do Trabalho:

Ação Civil Pública

Nota

A JBS divulgou uma nota sobre o caso. Leia abaixo:

“A JBS não comenta sobre processos judiciais em andamento. A companhia reitera que tem como objetivo prioritário a saúde de seus colaboradores e ressalta que desde o início dessa pandemia tem adotado um rígido protocolo de prevenção contra a covid-19 na sua unidade de Caxias Sul (RS) e em todas as suas plantas no Brasil, conforme as orientações dos órgãos de saúde e do Hospital Albert Einstein, além de especialistas médicos contratados pela Companhia para apoiar na implantação rigorosa de medidas para a proteção de seus colaboradores. Entre as ações adotadas pela companhia, estão: afastamento de pessoas que fazem parte do grupo de risco como maiores de 60 anos, gestantes e todos os que tiveram recomendação médica; ampliação da frota de transporte; desinfecção diária das unidades; medição de temperatura de todos antes do acesso às fábricas; vacinação contra gripe H1N1 para 100% dos colaboradores; ações de distanciamento social; forte comunicação de prevenção e cuidados, entre outras.”

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Homem é preso por matar e atear fogo em morador de rua no Centro de Sapucaia do Sul
Teste de vacina contra a Covid-19 da Universidade de Oxford contará com 2 mil voluntários brasileiros
Deixe seu comentário
Pode te interessar