Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Morre aos 79 anos o jornalista e escritor gaúcho José Antônio Severo

Compartilhe esta notícia:

Em cinco décadas de carreira, profissional atuou em diversos veículos da imprensa. (Foto: Reprodução)

Natural de Caçapava do Sul (Região da Campanha), o jornalista, escritor e produtor cinematográfico José Antônio Severo morreu em Porto Alegre na madrugada desta sexta-feira (24), aos 79 anos, vítima de parada cardíaca durante cirurgia em São Paulo. Ele deixa esposa (a cantora Célia). O corpo foi sepultado em sua cidade natal.

Considerado um líder de equipes nos veículos de imprensa por onde passou e um grande contador de histórias, Severo atuou por mais de 50 anos na profissão. Na década de 1970 foi diretor de redação do hoje extinto jornal “Folha da Manhã”, do grupo Caldas Júnior.

Foi também repórter dos jornais “O Estado de S. Paulo” e “O Globo”, revistas “Realidade” e “Veja”. No trajetória constam, ainda, o trabalho como editor-executivo da revista “Exame”, editor e diretor da “Gazeta Mercantil”, editor-chefe do “Jornal da Globo” e diretor-geral de jornalismo da Rede Bandeirantes.

Escreveu os livros “Os Senhores da Guerra” e “Cem Anos de Guerra no Continente Americano”, “Rios de Sangue / Cinzas do Sul”, e foi produtor e roteirista de longas-metragens baseados em suas obras. Mais recentemente, era articulista do site Os Divergentes, baseado em Brasília.

Consciência social

O jornalista era dos grandes contadores da história do Brasil, especialmente no que se refere à Região Sul do País. “Narrava com naturalidade e conhecimento períodos relevantes do povo gaúcho.

Também é lembrado pelos colegas afetuoso, arguto e reflexivo, além da preferência por ir direto ao assunto e da preocupação com o contexto social e o cidadão. No comando da sucursal da “Gazeta Mercantil”, na década de 1980, estimulava a equipe a enxergar os interesses da máquina governamental.

(Marcello Campos)

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

CPI da Pandemia: documentos apontam que o empresário Luciano Hang financiou blogueiro acusado de fake news com ajuda de Eduardo Bolsonaro
Precatórios a serem pagos pelo governo gaúcho no ano que vem passam de 2 bilhões de reais
Deixe seu comentário
Pode te interessar