Domingo, 29 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Mundo Morre, aos 91 anos, o ex-ditador do Egito Hosni Mubarak

Mubarak governou o Egito por 30 anos

Foto: Reprodução
Mubarak governou o Egito por 30 anos. (Foto: Reprodução)

O ex-ditador do Egito Hosni Mubarak, deposto em 2011 durante a Primavera Árabe, morreu nesta terça-feira (25) aos 91 anos, no Cairo. Ele havia sido submetido a uma cirurgia e ficou um mês sob cuidados intensivos, segundo a TV estatal do país.

Não foram dados detalhes sobre o procedimento e a causa da morte. Mubarak governou o Egito durante 30 anos, até ser deposto por uma onda de protestos contra ele, em meio a manifestações em todo o Oriente Médio pela derrubada de ditadores. Mubarak ficou preso por seis anos, mas foi libertado depois de ser inocentado da maioria das acusações, incluindo o assassinato de manifestantes.

O militar nasceu em 1928, na província de Menoufia. Ele entrou na Força Aérea do Egito em 1950. Como Mubarak era um líder militar, governou com base em uma lei de emergência que restringia direitos dos cidadãos. Seria uma medida para impedir a ação de militantes islâmicos.

Durante seu período à frente do Egito, Mubarak venceu três eleições como candidato único. Ele convocou uma quarta votação, em 2005, que admitiu rivais. Apesar de sair vitorioso também nessa ocasião, ele foi acusado de ter manipulado o pleito. Durante a sua vida, Mubarak escapou de pelo menos seis tentativas de assassinato.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Mega-Sena pode pagar R$ 200 milhões nesta quinta-feira
Preso criminoso que atirava pedras em veículos para assaltar motoristas na BR-290, em Eldorado do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar