Domingo, 09 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fog

Brasil MPF tenta barrar decreto que facilita o porte de armas

Compartilhe esta notícia:

Bolsonaro apoia abertamente o decreto em suas redes sociais.(Foto: Reprodução/Instagram @jairmessiasbolsonaro)

O Ministério Público Federal apresentou, na ultima terça-feira (14), uma ação à justiça federal com o objetivo de  barrar integralmente o texto do decreto que facilita o porte de armas para determinadas categorias. O MPF afirmou que o decreto “exorbita sua natureza regulamentar e contraria o estatuto do desarmamento”.

“Não poderia o Presidente da República, através de Decreto, de modo genérico e permanente, dispensar a análise do requisito”, argumentaram os representantes MPF.

“A liberação – embora tenha como finalidade ampliar o número de titulares de um direito individual e diminuir as restrições para seu exercício – representa um retrocesso no sistema de controle de armas no País”, afirmaram ainda os procuradores.

O texto também amplia a quantidade de munição que pode ser adquirida por ano além de  permitir que menores de 18 anos pratiquem tiro esportivo sem precisar de aval da Justiça.  A medida abre também o mercado nacional para a importação de armas.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Governador Eduardo Leite apresenta a investidores oportunidades no Rio Grande do Sul
Ministério da Saúde aponta índice de 14% em infecções hospitalares
Deixe seu comentário
Pode te interessar