Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

Brasil Mulher leva idoso morto para fazer “prova de vida” em banco de Campinas, em São Paulo

Compartilhe esta notícia:

Mulher levou um homem de 92 anos em uma cadeira de rodas em uma agência do Branco do Brasil.

Foto: Reprodução
Mulher levou um homem de 92 anos em uma cadeira de rodas em uma agência do Branco do Brasil. (Foto: Reprodução)

Uma mulher levou um homem de 92 anos em uma cadeira de rodas em uma agência do Branco do Brasil em Campinas, no interior de São Paulo. O idoso ia fazer prova de vida para comprovar a continuidade do recebimento da aposentadoria.

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita de 58 anos, que não teve a identidade revelada, está sendo investigada crime de exposição de cadáver e estelionato previdenciário.

Segundo os agentes a mulher começou a gritar dentro do banco dizendo que o homem estava passando mal. Uma ambulância foi acionada e os socorristas constataram que o idoso já estava morto há mais tempo.

A suspeita morava com o senhor há cerca de dez anos e era responsável pela pensão dele. Ela contou para os policiais que conversou com o homem pela última vez na noite anterior a ida ao local e não sabia que ele estava morto.

Outras duas pessoas acompanharam a dupla e também devem ser investigadas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Petrobras reduz preço da gasolina em 4% nas refinarias
Dólar fecha no maior valor em duas semanas
Deixe seu comentário
Pode te interessar