Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Expointer “Não estamos mais somente pagando dívidas”, diz governador gaúcho a prefeitos

Compartilhe esta notícia:

"Nossa retomada econômica dá fortes sinais de crescimento", afirmou Leite

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini
"Nossa retomada econômica dá fortes sinais de crescimento", afirmou Leite. (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)

O governador Eduardo Leite participou, na noite de quinta-feira (9), de um jantar com prefeitos promovido pela Famurs (Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul). O encontro, que integra a programação da Expointer, foi realizado em um restaurante em Esteio, e não no Parque de Exposições Assis Brasil.

“Chegamos a um momento no governo em que podemos falar em planejamento de investimentos. Não estamos mais somente pagando dívidas. Estamos pagando as contas, abrindo espaço para investimentos, e fazemos tudo isso em paz, com muito diálogo. Estamos trabalhando para sermos alavanca e não obstáculo ao desenvolvimento do Estado. E agradeço aos municípios, aos prefeitos, que são parte dessa conquista, pela parceria que tivemos ao longo desses três anos. Às vezes com divergências, mas sempre com muito diálogo”, afirmou Leite. 

O governador destacou o Programa Avançar, lançado neste ano, que inclui um Plano de Obras que prevê investimentos de R$ 1,3 bilhão em infraestrutura viária no Rio Grande do Sul. Além disso, Leite afirmou que pretende ampliar os recursos previstos para o Programa Pavimenta. 

“Mesmo depois de uma grave estiagem e enfrentando uma pandemia, nossa retomada econômica dá fortes sinais de crescimento”, disse Leite.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Expointer

ONU defende diálogo com os talibãs para evitar “milhões de mortes” no Afeganistão
O Rio Grande do Sul registrou no mês de agosto o menor número de homicídios desde 2007
Deixe seu comentário
Pode te interessar