Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

Brasil “Não sou de esquerda e nem de direita, e sim a favor de gente boa”, disse Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do Brasil

Compartilhe esta notícia:

Sócio da Ambev tem patrimônio estimado em R$ 111,9 bilhões. (Foto: Reprodução)

Em ano de eleição, o empresário Jorge Paulo Lemann utilizou os seus poucos minutos de discurso no evento anual de sua fundação educacional (a Estudar, que oferece bolsas em universidades estrangeiras de ponta) para estimular os membros da instituição a se aprofundarem na política. O objetivo: “transformar o Brasil”.

Na cerimônia realizada nessa segunda-feira em São Paulo, o homem mais rico do Brasil disse esperar que, no futuro, algum dos estudantes da fundação possa alcançar a Presidência da República e, então, chamar outros jovens para ajudar na missão.

O evento da fundação, neste ano, dedicou dois painéis para tratar de política, levando ao palco os ex-bolsistas da instituição que concorrerão a cargos de deputado e governador por diferentes partidos, no pleito deste ano.

Em sua manifestação, Lemann relembrou a origem da fundação, criada há 27 anos com o intuito, de acordo com o empresário, de estimular os jovens a provocarem impacto em suas realidades e “consertar o País, criando assim uma comunidade”.

“Todos os nossos negócios foram construídos com base nas pessoas que nós conseguimos atrair, treinar e estimular”, disse Lemann. O status de dono da maior fortuna do Brasil é atribuído a ele pela revista norte-americana “Forbes”, que estima o patrimônio do empresário em torno de US$ 30 bilhões (R$ 111,9 bilhões).

A fundação foi criada por Lemann e seus sócios Marcel Telles e Beto Sicupira, acionistas da Anheuser-Busch Inbev, maior cervejaria do mundo.

Ele disse, ainda, estar animado com os seis ex-bolsistas que se candidataram às eleições deste ano: “Espero que alguns deles sejam eleitos e que isso crie uma corrente de gente boa no governo”. Ovacionado pela plateia do evento que reuniu 800 pessoas (a maioria jovens estudantes), Lemann repetiu alguns de seus bordões: “Os que têm sucesso são os que insistem e finalmente chegam lá”.

Posicionamento

Avesso a entrevistas, Lemann falou rapidamente com os jornalistas após sua apresentação, desconversando sobre inclinações políticas: “Não sou de esquerda nem de direita, e sim a favor de gente boa, que goste de trabalhar junto com outras e que se interesse pelos reais problemas do País, em vez de ficar brigando”.

Em linha com o seu discurso, o principal argumento dos ex-bolsistas e agora candidatos nas urnas é “a necessidade de renovação política”. Dentre eles estão Mateus Bandeira, candidato ao governo do Rio Grande do Sul pelo Partido Novo, e Renan Ferreirinha, que buscará uma vaga para deputado estadual pelo PSB do Rio de Janeiro.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

O senador José Serra foi diagnosticado com câncer de próstata
O general Mourão foi a solução caseira após as tentativas frustradas do presidenciável Jair Bolsonaro para encontrar um candidato a vice
Deixe seu comentário
Pode te interessar