Domingo, 28 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

Esporte Neymar revela que já pensou em se aposentar do futebol: “Tive momentos que quis parar de jogar”

Compartilhe esta notícia:

A vida profissional e pessoal do jogador é agitada. (Foto: Reprodução)

Desde muito novo, Neymar sempre foi o centro das atenções. Dentro de campo, o atacante sempre destoou desde o início no Santos até chegar na Europa. Fora dele, também já deu o que falar com uma vida bastante agitada.

Reservado a entrevistas, o jogador do PSG quebrou o silêncio e desabafou. O atleta confessou que, por conta de críticas e pressão externa, já considerou se aposentar dos gramados.

“Eu nunca vou perder a paixão pelo futebol, mas tive momentos que quis parar de jogar. Uma vez, cheguei ao ponto de perguntar para mim se deveria continuar jogando, já que as pessoas não gostam. Eu ia para casa com a cabeça quente e então lembrava de tudo que fiz para chegar até aqui. O amor que eu tenho pelo futebol e todas essas coisas sempre me acalmam e me trazem de volta para a realidade”, afirmou à “Gaffer”.

O atacante brasileiro foi questionado sobre o quão difícil é ser Neymar. Sem titubear, o camisa 10 afirmou que o mundo está muito sensível e que ele é julgado por absolutamente tudo que faz ou deixa de fazer.

“Acho que hoje o mundo está muito sensível. É engraçado, acho que hoje em dia nada pode ser feito e ao mesmo tempo tudo pode ser feito e todos fazem de tudo. Por exemplo, todos te julgam pelo que você faz e até pelo que você para de fazer”, respondeu.

Mas afinal, quem é o verdadeiro Neymar? Segundo o próprio, somente sua família, seus funcionários e seus amigos lhe conhecem de verdade.

“É muito fácil para as pessoas falarem sobre sua vida pessoal sem realmente conhecê-lo. Mas o verdadeiro eu, o verdadeiro Neymar, é bem conhecido pela minha família, pelas pessoas que trabalham comigo e pelos meus amigos. Eles me conhecem. Estas são as opiniões que me interessam. O que acontece no campo de futebol é algo que só quem joga pode entender e quem nunca jogou nunca vai entender. É simples assim”. Concluiu.

PSG

O Paris Saint-German conquistou, provisoriamente, a liderança do Campeonato Francês ao vencer, por 1 a 0, fora de casa, o Angers, no sábado (16). A partida marcou o retorno de Neymar à titularidade, após 34 dias de ausência – recuperado de lesão, ele havia voltado ao time na quarta-feira (13), mas saindo do banco de reservas na conquista da Supercopa da França. Com o resultado, o PSG supera o Lyon, que joga ainda neste domingo.

Em uma atuação pálida, os atuais campeões do franceses não puderam contar com a presença do técnico Mauricio Porchettino, que testou positivo para o coronavírus e está em isolamento. Com o resultado, porém, o PSG assume, por enquanto, a ponta da tabela, com 42 pontos, 2 a mais que Lyon. O Angers, por sua vez, permanece na sétima posição, com 30 pontos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Atletismo: Hugues Fabrice Zango bate recorde mundial do salto triplo
O jogador Valdívia, do Avaí, deixa partida no intervalo ao ser comunicado que testou positivo para Covid-19
Deixe seu comentário
Pode te interessar