Terça-feira, 11 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy / Wind

Saúde Nove Estados entregam à Anvisa pedido de importação da vacina russa Sputnik V

Compartilhe esta notícia:

O uso do imunizante ainda não foi aprovado no Brasil

Foto: Divulgação
Farmacêutica fez pedido de autorização excepcional para a importação da vacina, mas Anvisa negou.(Foto: Divulgação)

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) afirmou que recebeu na quinta-feira (1º) o pedido de importação da vacina russa contra a Covid-19 Sputnik V. A solicitação foi feita por nove Estados: Bahia, Acre, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Pernambuco e Sergipe.

Ainda falta a análise e aprovação do uso da Sputnik V pela Anvisa. Em comunicado, a agência disse que propôs uma reunião com governadores na semana que vem.

Na quarta-feira (31), a agência informou que recebeu parte dos documentos que faltavam no processo de pedido de uso emergencial da Sputnik V. O material já está sendo avaliado pelos técnicos, mas a Anvisa comunicou que ainda há pendências. Por isso, o prazo de sete dias para avaliar a autorização para uso emergencial permanece suspenso até a apresentação da documentação pendente.

A vacina é uma das negociadas pelo Ministério da Saúde. O governo federal comprou 10 milhões de doses, esperando 400 mil até o final de abril, 2 milhões no fim de maio e 7,6 milhões em junho.

Na terça-feira (30), a farmacêutica União Química afirmou ter concluído a produção do primeiro lote da vacina Sputnik V envasada no Brasil com base na transferência tecnológica do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) da Rússia para a empresa brasileira.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Trabalhadores já podem consultar se receberão a nova rodada do Auxílio Emergencial
Papa aparece de surpresa em um centro de vacinação para sem-teto em Roma
Deixe seu comentário
Pode te interessar