Terça-feira, 20 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Esporte O atacante Luis Suárez realizou e foi aprovado nos exames médicos do Atlético de Madrid

Compartilhe esta notícia:

Luis Suárez vestindo a camisa do Atlético de Madrid em exames. (Foto: Divulgação/Atlétiico de Madrid)

Luis Suárez já veste novas cores na Espanha. O atacante uruguaio foi aprovado nos exames médicos e assinou nesta sexta-feira (25) o contrato com o Atlético de Madrid. Luisito terá vínculo de dois anos com sua nova equipe, de quem vestiu a camisa para os testes clínicos. O clube de Madri anunciou o jogador como reforço de forma oficial, depois de noticiar um acordo com o Barcelona.

Suárez ruma a Madri depois de seis anos no Barcelona, onde chegou após temporadas de destaque no Liverpool. O uruguaio seguirá disputando o Campeonato Espanhol, competição na qual marcou 147 gols em 191 jogos com a camisa do Barça. Aos 33 anos, ele se junta ao elenco de Diego Simeone já como uma de suas grandes estrelas – e seguindo uma tradição de artilheiros de peso nos últimos anos, como Fernando Torres, David Villa, Falcao García, Kun Agüero, Diego Forlán e Diego Costa.

O atacante se despediu do Barcelona de forma oficial na última quinta-feira (24), quando o clube organizou um evento oficial, e o jogador deu sua última entrevista. Suárez deixou o Camp Nou em meio a um processo de renovação do elenco sob o comando do técnico Ronald Koeman, que deixou claro para o uruguaio que ele estava fora dos planos. E, embora o próprio jogador tenha evitado o tom de reclamação, Messi não poupou o clube de críticas em texto postado nesta sexta.

Suárez chega a Madrid dias depois da saída de Morata para a Juventus, juntando-se a Diego Costa como principais homens-gol. Kalinic também é outra opção de centroavante para Diego Simeone, que ainda tem nomes como João Félix, Ángel Correa e Carrasco no ataque.

O uruguaio trocou de clube depois de seis anos jogando no Barcelona. Comprado ao Liverpool por 80 milhões de euros, em 2014, o atacante se tornou um dos principais jogadores do elenco na última década e um dos ídolos recentes do clube, principalmente pela conquista da Liga dos Campeões em 2014/2015, sua primeira temporada. Na ocasião, marcou época no trio de ataque MSN, junto a Messi e Neymar. Ele conquistou 13 troféus no Barcelona: um da Champions, um do Mundial de Clubes, quatro do Campeonato Espanhol, quatro da Copa do Rei e dois da Supercopa da Espanha.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Presidente colorado concede coletiva e anuncia demissão de vice de futebol
Messi e Neymar criticam o Barcelona por dispensar Suárez
Deixe seu comentário
Pode te interessar