Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Light Rain

Brasil O Ministério da Justiça abre inquérito para investigar atos contra o ministro Teori Zavascki

Compartilhe esta notícia:

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (Foto: Nelson Jr./STF)

O ministro da Justiça, Eugênio Aragão, determinou que a PF (Polícia Federal) abra inquérito para investigar suposta incitação à violência contra o ministro Teori Zavascki, relator da Lava-Jato no STF (Supremo Tribunal Federal). Aragão também determinou o reforço da segurança pessoal do ministro e de sua família. Teori passou a ser alvo de protestos desde que concedeu liminar para que o juiz federal Sérgio Moro, que conduz a Lava-Jato na primeira instância, envie para o tribunal as investigações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os deputados Paulo Pimenta (PT-RS) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ) procuraram o ministro da Justiça para conversar sobre os acontecimentos desencadeados na noite de terça-feira após a decisão de Teori. Foi divulgado em redes sociais o endereço em Porto Alegre de Alexandre Teori, filho de Teori, e houve manifestação em frente ao local. Na quarta-feira, houve manifestação em frente ao Supremo.

Os deputados adiantaram que as medidas para garantir a segurança envolverão a Força Nacional, o Gabinete de Segurança Institucional, a Polícia Federal e a segurança do STF. “Com isso se dará segurança aos ministros e às sessões do Supremo. Não é possível que o nível de intolerância e de ódio chegue ao ponto de ameaçar um ministro da Suprema Corte brasileira que toma atitude dentro da legalidade para enfrentar as ilegalidades”, avaliou Jandira. (AG)

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Dilma desembarca em Porto Alegre para passar a Páscoa
“Nem direita, nem esquerda, sejam práticos”, diz Barack Obama a jovens argentinos
Deixe seu comentário
Pode te interessar