Sábado, 27 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

Mundo Decretos assinados pelo novo presidente americano impõem o uso de máscaras em aviões e trens e aumentam o fundo de combate ao coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Biden pede ao Congresso controle rígido, que dificulte o acesso de americanos a armamento pesado. (Foto: Reprodução/Twitter)

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou mais dez decretos nesta quinta-feira (21) para combater a pandemia de coronavírus, orientando que fundos contra desastres sejam utilizados para ajudar a reabrir escolas e obrigando o uso de máscaras em aviões e trens, disseram autoridades.

Biden, democrata que desde a quarta-feira ocupa o lugar do republicano Donald Trump, prometeu uma luta acirrada contra a pandemia que matou mais de 400 mil pessoas no país durante o governo anterior.

“Estamos entrando no que pode ser o período mais duro e fatal do vírus, e precisamos colocar a política de lado e finalmente enfrentar esta pandemia como uma única nação”, disse o presidente em seu discurso de posse.

Um decreto exigirá o uso de máscaras em aeroportos e em certos meios de transporte público, como aviões, trens e ônibus interurbanos, disseram autoridades.

Ele também assinou decretos para estabelecer um comitê de exames de Covid para intensificar a realização de exames, tratar da escassez de suprimentos, criar protocolos para viajantes internacionais e direcionar recursos para comunidades minoritárias atingidas duramente pela doença infecciosa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Não haverá perda de vacinas da AstraZeneca após incêndio, diz o chefe do Instituto Serum
O novo presidente dos Estados Unidos vai interromper parte das deportações do País por 100 dias
Deixe seu comentário
Pode te interessar