Domingo, 14 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Mist

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Mundo O presidente da Venezuela mobiliza o Exército do país para qualquer hipótese

Compartilhe esta notícia:

Referendo contra Maduro foi suspenso (Foto: ABr)

O presidente venezuelano Nicolás Maduro confirmou ter ordenado a realização de manobras militares pelas Forças Armadas do país, a fim de que estejam preparadas para qualquer eventualidade.

A decisão ganhou destaque nesse domingo, dois dias depois de o ex-presidente colombiano Álvaro Uribe defender a necessidade de uma intervenção militar no país vizinho.

Além da medida militar preventiva, Maduro quer abrir um processo nas instâncias judiciais internacionais contra Uribe, acusando-o de incitar um golpe de Estado na Venezuela.

“Ele não sabe do que somos capazes de fazer”, alertou o líder chavista. “Vamos defender a nossa nação com a Constituição Nacional e também com mísseis.” Ele já agendou exercícios das Forças Armadas para o próximo sábado.

Conspiração

Ainda segundo Maduro, as declarações do presidente colombiano dão força à sua tese de que há uma conspiração internacional para derrubar o regime de Caracas, em conluio com os partidos da oposição venezuelana.

“Essas ações são criadas a partir do governo norte-americano, em colaboração com faixas da direita fascista de nosso próprio país, encorajadas pelo golpe institucional cometido no Brasil contra a colega Dilma Rousseff”, argumentou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Pastora evangélica provoca polêmica ao dizer que não acredita em Deus
A falta de rcursos deixa 46% da frota da Marinha brasileira paralisada
Deixe seu comentário
Pode te interessar