Terça-feira, 07 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Light Drizzle

Capa – Caderno 1 O Procon de Porto Alegre já monitora os preços de produtos para a “Black Friday”

Fiscais verificam se as ofertas realmente envolvem descontos nos preços. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Com a aproximação da “Black Friday”, marcada para a última sexta-feira deste mês (29 de novembro), o Procon de Porto Alegre vem monitorando o preço dos produtos que costumam ser mais buscados nos sites de venda brasileiros.

Desde outubro, já foram realizados cinco levantamentos de valores de eletrodomésticos e eletrônicos portáteis. A tabela pode ser conferida em www.portoalegre.rs.gov.br/procon.

Segundo a diretora-executiva do o órgão municipal responsável pela defesa do consumidor, Fernanda Borges, as lojas “físicas” não têm a obrigação de oferecer preços equivalentes aos dos estabelecimentos on-line.

“O importante é que os descontos anunciados realmente sejam efetivos”, ressalta. “Por isso, na Black Friday, fiscais estarão presentes no varejo para verificar se as ofertas anunciadas realmente envolvem descontos.”

Ela destaca, ainda, a importância de que o próprio consumidor acompanhe as variações de preços dos produtos que deseja adquirir: “Pretendemos realizar mais dois monitoramentos antes do dia 29, mas os resultados obtidos até agora já certificam a importância de compará-los, pois a variação é expressiva”.

Dicas

– Faça uma lista com os produtos que deseja comprar, pois isso ajuda a evitar compras por impulso;

– Procure acompanhar a evolução dos preços até a “Black Friday” para saber se a compra é realmente vantajosa;

– Pesquise previamente se os sites são seguros e verifique a política de troca, devolução de produtos e prazos de entrega;

Atendimento

O atendimento do Procon Porto Alegre é exclusivo para residentes no município, que podem registrar reclamações diretamente pelo site do Procon, pelo atendimento eletrônico ou pessoalmente na rua dos Andradas nº 686 (Centro Histórico). O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

São distribuídas 80 fichas diárias, com atendimento por ordem de chegada. O consumidor também pode usar o site do órgão municipal para agendar o atendimento presencial – neste caso, são fornecidas 11 senhas diárias.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Acordo de livre-comércio entre Brasil e China depende de parceiros do Mercosul
Medida Provisória acaba com necessidade de registro profissional
Deixe seu comentário
Pode te interessar