Segunda-feira, 01 de Março de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
29°
Mostly Cloudy

Rio Grande do Sul O Rio Grande do Sul cruzou a linha dos 500 mil testes positivos de coronavírus. Casos fatais devem chegar a 10 mil em breve

Compartilhe esta notícia:

Ação foi movida pela esposa e o filho da vítima, falecida no Hospital Conceição. (Foto: EBC)

Divulgado nesta sexta-feira (15), o mais recente relatório epidemiológico da Secretaria da Saúde acrescentou 5.381 testes positivos e 41 óbitos à estatística do coronavírus no Rio Grande do Sul. Com isso, o Estado cruzou a linha do meio milhão de casos confirmados desde março do ano passado (500.792, em um número mais preciso), ao passo que as perdas humanas somam até agora 9.838.

Os dados indicam que o mapa gaúcho deve ter 10 mil desfechos fatais da doença já na próxima semana. Essa projeção tem por base o ritmo diário de falecimentos por Covid registrados no Estado ao longo das últimas semanas.

No que se refere aos recuperados, o contingente é de 473.148 gaúchos, o que representa um índice de 94%. E o número de gaúchos atualmente em quarentena domiciliar (incluindo assintomáticos) ou sob internação hospitalar soma 17.754 indivíduos (4%). Vale lembrar que todos os 497 municípios do Estado já registraram casos de contágio.

Confira, a seguir, a lista com o perfil resumido de cada uma das novas vítimas do coronavírus mencionadas pelo levantamento desta sexta-feira. Além da cidade de residência, são informados o gênero (feminino ou masculino) e a idade.

Apesar da ocorrência de vítimas em uma faixa etária de 32 a 100 anos, os idosos prevalecem entre os últimos óbitos, já que 36 desses 42 falecidos se enquadram em tal segmento populacional. Essa ampla predominância de mortos com mais de 60 anos, aliás, não é fenômeno exclusivo do Rio Grande do Sul e vem sendo observada globalmente desde os primeiros desfechos fatais, há quase um ano.

– Alegrete (mulher, 81 anos);
– Alvorada (mulher, 58 anos);
– Arvorezinha (mulher, 74 anos);
– Bagé (mulher, 92 anos);
– Canoas (homem, 47 anos);
– Canoas (homem, 80 anos);
– Canoas (homem, 86 anos);
– Capão da Canoa (homem, 74 anos);
– Capão da Canoa (homem, 48 anos);
– Capão da Canoa (homem, 65 anos);
– Capão do Leão (homem, 72 anos);
– Caxias do Sul (homem, 68 anos);
– Caxias do Sul (homem, 70 anos);
– Caxias do Sul (mulher, 77 anos);
– Cidreira (homem, 65 anos);
– Eldorado do Sul (homem, 65 anos);
– Esteio (mulher, 68 anos);
– Farroupilha (homem, 76 anos);
– Farroupilha (homem, 80 anos);
– Gramado (homem, 75 anos);
– Gravataí (homem, 71 anos);
– Ijuí (mulher, 67 anos);
– Novo Hamburgo (homem, 68 anos);
– Paverama (mulher, 89 anos);
– Pelotas (mulher, 91 anos);
– Porto Alegre (mulher, 78 anos);
– Porto Alegre (homem, 68 anos);
– Porto Alegre (homem, 85 anos);
– Porto Alegre (mulher, 66 anos);
– Porto Alegre (mulher, 89 anos);
– Porto Alegre (homem, 86 anos);
– Porto Alegre (homem, 80 anos);
– Quinze de Novembro (mulher, 70 anos);
– Redentora (homem, 65 anos);
– Rio Grande (homem, 74 anos);
– Rio Grande (homem, 96 anos);
– Rio Grande (homem, 84 anos);
– Rio Pardo (mulher, 100 anos);
– Santa Maria (homem, 55 anos);
– Santo Ângelo (homem, 44 anos);
– Santo Ângelo (homem, 84 anos);
– São Lourenço do Sul (homem, 75 anos);
– São Luiz Gonzaga (mulher, 90 anos);
– São Luiz Gonzaga (homem, 47 anos);
– Sapucaia do Sul (homem, 32 anos);
– Torres (homem, 95 anos);
– Tuparendi (mulher, 80 anos);
– Venâncio Aires (homem, 74 anos).

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Sobrecarregado, maior pronto-socorro de Manaus fecha
Justiça amplia número de indenizados por tragédia de Mariana
Deixe seu comentário
Pode te interessar