Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

Notícias O teatro circense é destaque na programação da Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre

Montagem aborda de forma cômica o cotidiano monótono de uma empresa. (Foto: Divulgação/Facebook)

A partir desta sexta-feira, a trupe Ilógica Cia., de Santa Maria, faz seis apresentações na Sala Carlos Carvalho da CCMQ (Casa de Cultura Mario Quintana), no Centro Histórico de Porto Alegre. O espetáculo, combinando artes cênicas e circenses, foi selecionado por meio de um processo de chamada pública promovida pela instituição.

Intitulada “Lógica Ltda.”, a peça aborda de forma lúdica e cômica o cotidiano de uma empresa, com a complexidade das relações entre patrões e empregados. Os personagens Zero-Zero e Zero-Um são palhaços cujo expediente é cumprir ordens e metas para organizar, catalogar, embalar e despachar encomendas.

Quem decide o destino dos funcionários é um chefe nem um pouco compreensível ou atencioso. A dupla então recorre à criatividade e jogo-de-cintura para suportar a monotonia da jornada corporativa e evitar que a suas individualidades sejam também “encaixotadas”. O resultado é um ambiente repleto de imaginação e trapalhadas.

A Ilógica Cia. é formada pelos atores Felipe Mendes, Leonardo Roat e Tiago Teles e a montagem tem direção de Leo Roat, programação visual de Lucas Argenta, cenário de Luciano Santos e iluminação de Régis D’Ávila. Os ingressos custam R$ 30, com desconto de 50% para estudantes e artistas. E para quem comprar antecipadamente, o valor é e R$ 20.

“Lógica Ltda.” segue em cartaz até o dia 12 de maio, com apresentações nas noites de sexta-feira, sábado (20h) e domingo (19h). A sala Carlos Carvalho está localizada no segundo andar da CCMQ, na Rua da Praia nº 736 (entre Bento Martins e João Manoel).

Composição fotográfica

Já no outro sábado, 11 de maio, das 15h às 17h, o Laboratório de Fotografia da Casa de Cultura Mario Quintana (terceiro andar) promove uma oficina de composição fotográfica, com Henrique Ribeiro. A atividade ressalta itens como enquadramento e perspectiva, além de fundamentos da teoria psicológica da Gestalt aplicados à imagem.

Os participantes podem utilizar qualquer tipo de câmera, inclusive as disponíveis em telefones celulares. Ao final da aula teórica, os participantes serão conduzidos a uma saída de campo à Orla do Gasômetro, a fim de estimular e orientar, na prática, a aplicação dos conhecimentos compartilhados no curso.

Natural de Porto Alegre, Ribeiro tem ampla experiência em retratos, fotografia de rua e de espetáculos. Seus trabalhos incluem “cliques” em cidades como Porto Alegre, São Paulo e Montevidéu. As inscrições (a um custo de R$ 100, com desconto de 20% para quem indicar um amigo) podem ser feitas pelo WhatsApp (51) 99361-7971.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

MDB divulga pontos que apoia ou não na reforma da Previdência
Empresários aprovam medida provisória que melhora o ambiente de negócios no Brasil
Deixe seu comentário
Pode te interessar