Terça-feira, 14 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
10°
Fair

Mundo ONU pede combate à discriminação contra asiáticos em meio ao número crescente de infecções pelo novo coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Pedido foi feito por Michelle Bachelet durante reunião em Genebra

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Pedido foi feito por Michelle Bachelet durante reunião em Genebra. (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

A Alta Comissária da ONU (Organização das Nações Unidas) para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, conclamou os países a combaterem o preconceito contra pessoas do Leste Asiático. Essa discriminação está se difundindo na Europa e em outros lugares, em meio ao número crescente de infecções pelo novo coronavírus.

Bachelet falou sobre a questão em uma sessão do Conselho de Direitos Humanos, em Genebra, nesta quinta-feira (27). “A epidemia do coronavírus desencadeou uma onda de discriminação contra chineses e pessoas dos países do Leste Asiático”. Mensagens de difamação e rumores falsos também estão circulando na mídia social.

Bachelet pediu aos países-membros “o máximo possível de esforços para combater essa e outras formas de discriminação”. Também expressou seu “mais profundo respeito” às equipes médicas no mundo que estão lidando com o problema.. Ressaltou a necessidade de esforços internacionais sincronizados para combater o surto.

Michele Bachelet disse que as quarentenas “devem ser determinadas de acordo com os riscos, tempo necessário e segurança” e pediu, assim, que sejam respeitados os direitos daqueles que estão sob quarentena.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Bolsonaro dá nova versão sobre vídeo compartilhado por ele e diz que publicação é de 2015
Apostas de Rio Branco e Fortaleza dividem prêmio de R$ 211 milhões da Mega-Sena
Deixe seu comentário
Pode te interessar