Quinta-feira, 09 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Partly Cloudy / Wind

Política Pacote anticrime deverá ser votado no Senado nesta quarta-feira

Compartilhe esta notícia:

A expectativa é que o pacote seja aprovado sem modificações, indo para sanção presidencial

Foto: Agência Brasil
(Foto: Arquivo/Agência Brasil)

Depois de o pacote anticrime ser aprovado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) nesta terça-feira (10), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), decidiu pautar a votação da proposta em plenário para para esta quarta-feira (11). A expectativa de Alcolumbre e de líderes no Senado é que o pacote seja aprovado sem modificações, indo para sanção presidencial. As medidas endurecem a legislação penal contra crime.

Do pacote, porém, foi retirada a proposta de aprovar o excludente de ilicitude ainda durante a fase de tramitação na Câmara dos Deputados. O presidente Bolsonaro tem insistido no tema e promete encaminhar novos projetos sobre o tema ao Congresso.

Líderes partidários avaliam, porém, que não há chances de esse ponto ser aprovado. O excludente de ilicitude propõe livrar policiais de punição caso cometam excessos em operações, como morte de pessoas, a depender da situação do enfrentamento.

Na avaliação até de interlocutores do presidente da República, a aprovação do excludente de ilicitude perdeu qualquer possibilidade de aprovação principalmente depois da declaração do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), nesta segunda-feira (09).

Maia destacou que os policiais militares que participaram da operação em Paraisópolis, que resultou na morte de nove jovens, não seriam investigados se o excludente de ilicitude já estivesse em vigor.

A criação do excludente de ilicitude é uma das principais bandeiras do presidente Jair Bolsonaro na área de segurança pública. Ele chegou a propor que o mecanismo fosse aplicado em operações de garantia da lei e da ordem. A proposta foi criticada por especialistas, diante do risco de ser utilizado contra manifestações e protestos no País.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Satélites da Starlink passam sobre o Rio Grande do Sul
Genoma de 15 mil brasileiros será desvendado em projeto inédito no País
Deixe seu comentário
Pode te interessar