Quarta-feira, 08 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Partly Cloudy

Capa – Caderno 1 Papa Francisco homenageia jornalista morto e destaca importância da liberdade de imprensa

Em audiência com advogados criminalistas no Vaticano, o papa Francisco demonstrou preocupação com o uso de símbolos nazistas na Europa. (Foto: Vatican News)

O papa Francisco homenageou jornalistas que foram mortos exercendo a profissão. Durante discurso, neste sábado (18), à Associação de Imprensa Estrangeira na Itália, ele destacou a importância da liberdade de imprensa, afirmando que é um indicador-chave para avaliar a saúde de uma nação.

“Ouvi sofrendo as estatísticas sobre seus colegas mortos enquanto faziam seus trabalhos com coragem e dedicação em tantos países, relatando o que estava acontecendo em guerras e outras situações dramáticas nas quais tantos irmãos e irmãs do mundo vivem”, disse.

As notícias falsas também foram tema de fala do papa. Francisco solicitou aos jornalistas que as evitem e que sigam contando histórias que não aparecem nas manchetes. Ele destacou os casos das etnias Rohingya, minoria muçulmana apátrida de Mianmar, e Yazidi, iraquianos perseguidos pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Pouco antes de Francisco, falou a presidente da associação, Patricia Thomas, da televisão da Associated Press, que trouxe dados dobre os profissionais do jornalismo que foram assassinados, presos, feridos ou ameaçados pelo trabalho que fazem.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Alunos de colégios militares são proibidos de participar da Olimpíada Nacional de História do Brasil
Fabiano Dallazen recebeu o maior número de votos na lista tríplice para a escolha do procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar