Domingo, 20 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Fair

Porto Alegre Partido Novo ingressará na justiça contra aumento do teto do funcionalismo em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Para Camozzato, a prefeitura tem apresentado uma conduta contraditória.

Foto: Divulgação/CMPA
Para Camozzato, a prefeitura tem apresentado uma conduta contraditória. (Foto: Divulgação/CMPA)

O diretório municipal do Partido NOVO em Porto Alegre, provocado pelo parlamentar Felipe Camozzato, decidiu ingressar como amicus curiae na Ação Direta de Inconstitucionalidade que discute a possibilidade de aumentar o teto do funcionalismo municipal de R$ 19.400,00 para R$ 35.400,00 na Capital.

Tanto para os dirigentes da sigla, quanto para Camozzato, a prefeitura tem apresentado uma conduta contraditória, ora pleiteando o pagamento maior de valores – como o que ocorre no processo judicial, ora protocolando um projeto na Câmara a redução do teto para o patamar de R$ 19 mil.

Segundo Carlos Bonamigo, presidente municipal da sigla, “o Novo mantém uma postura muito clara no combate aos privilégios e posturas inapropriadas que, por vezes, ocorrem no poder público. Esse comportamento naturalmente nos coloca como parte interessada desse processo”. “Quando da votação desse projeto, Camozzato votou contra e, inclusive, apontou a inconstitucionalidade da emenda que tratava do aumento do teto. Isso destaca a coerência de postura do Novo em todo esse processo”, enfatizou Bonamigo.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Estado pagará custos de 47 novos leitos de UTI no interior
Campeonato Italiano volta em 20 de junho, diz ministro do Esporte
Deixe seu comentário
Pode te interessar