Quarta-feira, 03 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

Porto Alegre Pessoas com doenças crônicas devem se vacinar em Porto Alegre contra a gripe

Compartilhe esta notícia:

Doses estarão disponíveis em 45 farmácias parceiras e cerca de 100 unidades de saúde nesta terça-feira

Foto: Divulgação
Nesta fase serão incluídos professores de escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos de idade. (Foto: Divulgação)

Dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações desta segunda-feira (04) mostram que 46,8 mil pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão, diabetes e problemas cardíacos, foram vacinadas contra a gripe desde 16 de abril, quando teve início a segunda fase da campanha nacional.

Em Porto Alegre, a prefeitura trabalha para atingir a meta de 173 mil pessoas vacinadas. As doses estarão disponíveis em 45 farmácias parceiras e cerca de 100 unidades de saúde nesta terça-feira (05) para o público-alvo da campanha.

“Pacientes portadores de doenças crônicas, em geral, são mais predispostos a infecções e, por isso, considerados de risco para a influenza, além de maior possibilidade de apresentar quadros graves de Covid-19”, avalia o médico Juarez Cunha, da Diretoria-geral de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde.

A vacina não protege contra o novo coronavírus, mas evita complicações causadas pelos vírus Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B linhagem B/Victoria, que podem levar o paciente a internações hospitalares.

Neste ano, a Prefeitura de Porto Alegre superou as metas de vacinação em dois grupos prioritários: idosos, com 227,8 mil vacinados, e trabalhadores da saúde, com 99,9 mil doses aplicadas desde 23 de março.

Na Capital gaúcha, o contingente populacional estimado é de 213 mil idosos e 82,4 mil trabalhadores da saúde (295,4 mil pessoas). A meta do Ministério da Saúde era vacinar 90% desses totais e foi atingida em 16 de abril. Foram vacinadas 327,8 mil pessoas no total desses públicos. No caso da população indígena, foram vacinadas 487 pessoas, o que representa 85% da meta (513 indígenas).

Em Porto Alegre, o contingente populacional estimado pelo Ministério da Saúde é de 192.446 pessoas com comorbidades, 571 indígenas, 1.965 funcionários do sistema prisional, 4.424 da população privada de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos cumprindo medida socioeducativa. A meta é vacinar 90% desses totais. Com relação aos demais públicos, o órgão federal não especificou a estimativa populacional.

Campanha alterada

O Ministério da Saúde atualizou o cronograma da campanha de vacinação contra a gripe com relação à terceira fase, que ocorreria inicialmente entre 9 e 22 de maio, sendo o Dia D previsto para 9 de maio.

As alterações estabelecem que a terceira fase será de 11 de maio e 5 de junho, dividida em duas etapas, com o cancelamento do Dia D de mobilização nacional. Assim, o início da vacinação de crianças de seis meses a menores de 6 anos, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias fica para 11 de maio. Já no dia 18 de maio começa a vacinação de adultos de 55 a 59 anos e professores. A campanha fica prorrogada até 5 de junho.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Termina nesta quarta-feira o prazo para regularizar a situação eleitoral
Suspeito de chacina que vitimou cinco pessoas e feriu outras quatro é preso no Litoral Norte gaúcho
Deixe seu comentário
Pode te interessar