Segunda-feira, 06 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Cloudy

Mundo Pessoas famosas têm feito doações para pagar a fiança dos manifestantes presos nos Estados Unidos

Compartilhe esta notícia:

Lista tem o casal Ryan Reynolds e Blake Lively. (Foto: Reprodução)

À medida que crescem os protestos pelo fim da violência policial contra a comunidade negra e pelo fim da desigualdade racial nos Estados Unidos, cresce na mesma proporção ação da força do Estado contra os manifestantes. Com muitos cidadãos presos em várias cidades, celebridades tem tirado dinheiro do bolso para ajudar instituições que promovem aconselhamento legal e ajudam a pagar a fiança de liberação desses indivíduos. Confira abaixo quem são os doadores mais famosos.

Chrissy Teigen

A modelo e apresentadora Chrissy Teigen prometeu, no Twitter, doar US$ 100 mil, mas, depois de um comentário de um seguidor chamando os manifestantes de desordeiros, ela dobrou o valor e garantiu US$ 200 mil.

“Estou comprometida em doar US$ 100 mil para a fiança de manifestantes pelo país”, escreveu ela, que viu aparecer, na sequência um comentário de que eles eram criminosos.

A resposta veio a jato: “Ah, então eles vão precisar de mais dinheiro. Darei US$ 200 mil”.

As doações dela estão direcionadas ao Minessota Free Fund, organização do estado onde os protestos começaram por causa do brutal assassinato do segurança negro George Floyd pelo policial Derek Chauvin, que asfixiou-o pressionando o joelho no pescoço de Floyd por mais de sete minutos. As imagens do crime rodaram as redes e foram o estopim para a revolta.

Blake Lively e Ryan Reynolds

O casal doou US$ 200 mil ao Fundo de Defesa Legal da NAACP, uma organização focada justiça racial.

“Nunca tivemos que nos preocupar em preparar nossas filhas para diferentes regras da lei ou o que poderia acontecer se fôssemos parados no carro”, disseram os pais de três meninas no Instagram. “Não sabemos como é experimentar essa vida. Não podemos imaginar sentir esse tipo de medo e raiva. Temos vergonha de, no passado, nos deixarmos desinformados sobre o quão profundamente racista é o sistema. Queremos nos educar sobre as experiências de outras pessoas e conversar com nossas filhas sobre tudo, tudo isso. Falamos sobre nosso preconceito, cegueira e nossos próprios erros. Olhamos para trás e vemos tantos erros que nos levaram a examinar profundamente quem somos e quem queremos nos tornar.”

Drake

Drake atendeu ao pedido do compositor canadense Mustafa Ahmed e doou US$ 100 mil para o fundo National Bail Out, uma organização que presta assistência a manifestantes presos. Mas não foi fácil.

“Eles acabaram de ligar achando que era fraude no meu cartão (risos)”, explicou o rapper.

The Weeknd

Quem também atendeu a um pedido do compositor Mustafa Ahmed para ajudar o National Bail Out fpo The Weeknd. Ele mostrou o recibo de US$ 100 mil e não só – também provou ter doado US$ 200 mil à rede global Black Lives Matter.

Harry Styles

“Estou doando para ajudar a pagar fiança aos organizadores presos”, twittou o cantor.”Olhe para dentro, eduque-se e aos outros.” Não foi divulgado, no entanto, o valor da quantia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Mais três policiais foram processados pela morte de George Floyd
Os Estados Unidos suspenderam os voos de empresas aéreas chinesas
Deixe seu comentário
Pode te interessar