Terça-feira, 07 de Julho de 2020

Porto Alegre

Brasil “Por que demorou tanto?”, questiona ministro Gilmar Mendes sobre investigações no Brasil

Compartilhe esta notícia:

Mendes viajou à capital portuguesa para participar do Seminário Luso-Brasileiro na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (Foto: Givaldo Barbosa/AG)

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse nesta quarta-feira (30), em Lisboa, que a crise que o Brasil atravessa possui pontos positivos, como as grandes investigações que estão sendo feitas. Segundo ele, porém, é preocupante o tempo que levou para que essas operações começassem, o que remete a graves falhas no sistema de controle do Brasil.

Mendes viajou à capital portuguesa para participar, junto com outras autoridades e políticos brasileiros, do Seminário Luso-Brasileiro na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. “Por que demorou tanto? Por que se demorou 13, 15 anos para descobrir isso?”, afirmou Mendes em entrevista. O ministro não citou nomes de operações, mas disse que “no fundo, entregou-se o direito de explorar o lucro das empresas estatais”.

Mendes ainda falou da urgência de fazer uma reforma política no Brasil, seja em que regime político for – presidencialismo, semipresidencialismo ou parlamentarismo. Para o ministro, a existência de um número alto de partidos no Brasil e, inclusive, no Congresso Nacional, “é difícil e oneroso à governabilidade do País”. “Se amanhã se desenhar um sistema semipresidencialista com esta estrutura partidária, é óbvio que também estará fadada ao fracasso”, completou. (AG) 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Com a saída do PMDB do governo, Dilma cancela viagem para os Estados Unidos
Homem abandonado pela mãe quando era bebê reencontra ela 40 anos depois
Deixe seu comentário
Pode te interessar