Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Geral Praça da Encol ganha ampliação do espaço para cães

Compartilhe esta notícia:

O local tem 840 metros quadrados. (Foto: Joel Vargas/Divulgação PMPA)

O novo espaço para cachorros na Praça da Encol foi entregue aos usuários nesta quarta-feira (26). O local foi ampliado e tem, agora, 840 metros quadrados. No Pet Place Madame Kate, que tem capacidade para cerca de 80 cães, há plantio de quatro mil mudas de folhagens, projeto paisagístico, três bebedouros para os cães, lixeira especial para as fezes dos animais, grama sintética e instalação de cinco bancos de concreto.

O nome Madame Kate é uma homenagem à cachorrinha da raça bichon frisé, Kate, de 14 anos, do investidor do projeto Alexandre Grendene e da esposa, Nora Teixeira.

Na abertura do evento, promovido pela empresa Melnick Even, adotante da praça desde 2013, o secretário do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), Germano Bremm, destacou que a entrega representava o acerto na política de parcerias. “Iniciativas como esta que reúnem a administração municipal, empresas e comunidade permitem a valorização do senso de coletividade, assegurando a integração da comunidade em espaços públicos”, afirmou.

Já o presidente da empresa, Leandro Melnick, disse que estas melhorias representavam a importância dada às atividades em nome do bem estar animal e valorização dos espaços públicos: “Criamos o projeto Praças, que nos levou a adotar nove espaços públicos em Porto Alegre. Percebemos que poderíamos investir em intervenções, como o espaço playground neste mesma praça e, agora, este Pet Place que nos deixa com muito orgulho”.

A Melnick faz manutenção e conservação da Encol, no mobiliário, equipamentos esportivos e de lazer, além das áreas gramadas e pavimentadas. A empresa é responsável pelo corte de grama e recolhimento de lixo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

O Ministério Público Federal pede que o tribunal aumente a pena de Lula no caso do sítio
“O governo tem que decidir o que quer do BNDES: qual tamanho e que atividade quer que exerça”, diz o ex-presidente do banco
Deixe seu comentário
Pode te interessar