Terça-feira, 11 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy / Wind

| Prefeito de Florianópolis é preso suspeito de participar de grupo criminoso que prejudicava operações policiais

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Reprodução Instagram)

A “Operação Chabu” prendeu, temporariamente, na manhã desta terça-feira (18) o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, suspeito de participar de uma organização criminosa que violava o sigilo de ações policias em Santa Catarina. Ele está prestando um depoimento na Polícia Federal (PF) de SC.

De acordo com a PF, os criminosos estariam prejudicando investigações policiais em andamento e divulgando, de forma ilícita, informações sigilosas para proteger políticos e empresários. Serão cumpridos sete mandados de prisão temporária, contra empresários, servidores da PF e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e 23 mandados de busca e apreensão.

Até o momento, já foram presos temporariamente o delegado da PF, Fernando Amaro de Moraes Caieron, e o ex-secretário da Casa Civil, Luciano Veloso Lima. Um dos mandados de busca e apreensão foi realizado na empresa do Grupo Nexxera, que declarou, em nota, ” estamos confortáveis e vamos contribuir com o que for preciso com as autoridades”.

A PF liberou uma nota a respeito da operação Chabu:

“Durante as investigações foram apuradas várias práticas ilícitas, dentre as quais destacam-se o vazamento sistemático de informações a respeito de operações policiais a serem deflagradas até o contrabando de equipamentos de contra inteligência para montar ‘salas seguras’ a prova de monitoramento em órgãos públicos e empresas”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de |

Filho adotado de pastor assassinado confessou o crime; mandante teria sido irmão mais velho
Governo Federal anuncia Plano Safra com mais de R$ 200 bilhões em financiamentos para produtores rurais
Deixe seu comentário
Pode te interessar