Sábado, 04 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Porto Alegre Prefeito apela para que a população evite descartar lixo neste final de semana em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Funcionários de terceirizada que presta o serviço paralisaram as atividades na sexta-feira

Foto: Twitter/Reprodução
Funcionários de terceirizada que presta o serviço paralisaram as atividades na sexta-feira. (Foto: Twitter/Reprodução)

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, fez um apelo para que os porto-alegrenses evitem o descarte de lixo neste final de semana. O motivo é a paralisação temporária dos trabalhadores da empresa terceirizada responsável pelo serviço. Os funcionários decidiram suspender as atividades na noite dessa sexta-feira, alegando falta de pagamento do vale-alimentação e parte do salário.

Segundo a prefeitura, os bairros que tiveram o recolhimento de resíduos afetados nessa sexta foram: Azenha, Partenon, São João, Santana, Santo Antônio, Navegantes, Floresta, São Geraldo, Santa Cecília, Jardim Botânico e Aparício Borges.

De acordo com Melo, não haverá recolhimento de lixo com fluxo considerado normal no sábado e no domingo, já que o serviço será atendido de forma pontual por caminhões do DMLU (Departamento Municipal de Lixo Urbano).

Além disso, o chefe do Executivo disse que irá fazer um pagamento emergencial, mas que os valores irão entrar na conta dos funcionários da empresa na próxima segunda, data em que o município estima que a coleta de lixo seja normalizada.

Pelo Twitter neste sábado (16), o prefeito Sebastião Melo destacou: “A prefeitura montou uma operação especial para realizar a coleta domiciliar de forma parcial, durante a paralisação temporária dos trabalhadores da empresa terceirizada. Equipe de aproximadamente 100 pessoas e 35 caminhões próprios fazem o recolhimento dos resíduos. Estamos trabalhando para solucionar a interrupção do serviço, originada por problemas na documentação da empresa terceirizada, para que se faça o pagamento. Apelo para que, dentro do possível, a população evite depositar o lixo nas calçadas até que a situação seja normalizada”, disse Melo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Polícia indicia por racismo estudante da Ufrgs que enviou mensagens ofensivas para outro aluno da universidade
Brasil recebe lote com 4,5 milhões de doses da vacina da Pfizer contra o coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar