Terça-feira, 28 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Light Rain

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Prefeitura de Porto Alegre faz campanha para arrecadar doações a fundos da criança e do idoso

Compartilhe esta notícia:

Até 30 de dezembro, poderão ser destinados até 6% do imposto de renda para projetos e entidades. (Foto: Luis Adriano Madruga/FASC PMPA)

A prefeitura de Porto Alegre está com uma nova campanha de arrecadação para os fundos de auxílio à criança e ao idoso. Com a Capital enfrentando a crise provocada pela pandemia da covid-19, a solidariedade de todos será fundamental para garantir apoio a milhares de crianças e idosos.

Até 30 de dezembro, os gaúchos poderão direcionar até 6% do valor a pagar de imposto de renda para projetos e entidades de sua preferência, por meio do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Funcrianca) e do Fundo Municipal do Idoso (Fundoidoso)Ambos os fundos têm o objetivo de financiar programas e projetos que promovam a defesa dos direitos de crianças e idosos – além de facilitar a captação, repasse e a aplicação dos recursos obtidos.

Ao participar da campanha, o contribuinte estará doando um pouco de si a quem mais precisa, sem ter de arcar com despesa pelo investimento, já que o valor é deduzido do montante a ser recebido pelos cofres públicos.

Desde 2017, o Executivo municipal criou uma conta específica para que as doações fossem feitas direto para os fundos. Antes disso, elas iam para o caixa único do governo. As medidas adotadas, junto com o lançamento de um novo site, em dezembro do ano passado, colaboraram para que fossem registrados recordes de doações em 2019, com o Fundo da Criança recebendo R$ 23,4 milhões e o Fundo do Idoso, R$ 19,2 milhões.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Cursos gratuitos de informática estão com inscrições abertas em Porto Alegre
Bolsonaro é o segundo presidente que mais trocou ministros desde a redemocratização
Deixe seu comentário
Pode te interessar