Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fog

Porto Alegre Prefeitura de Porto Alegre investirá R$ 32 milhões na educação em cooperação técnica com a Unesco

Compartilhe esta notícia:

O acordo prevê a conclusão de oito obras de escolas de educação infantil

Foto: Pixabay
O acordo prevê a conclusão de oito obras de escolas de educação infantil. (Foto: Pixabay)

A prefeitura de Porto Alegre investirá R$ 32 milhões na educação por meio de um acordo de cooperação técnica internacional anunciado nesta quinta-feira (26) com a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Os principais objetivos são promover a melhoria da aprendizagem dos estudantes e consolidar a política da educação do município. “Essa parceria é uma grande conquista para a área da educação, que tem gigantescos desafios no ensino e na aprendizagem dos alunos. Estou muito feliz e realizado em deixar esse legado de melhoria da qualidade da educação em Porto Alegre. Em momento de pandemia e pós-pandemia, que a cidade tenha alguns confortos”, disse o prefeito Nelson Marchezan Júnior.

A diretora e representante da Unesco no Brasil, Marlova Noleto, destacou a importância da assinatura do documento de cooperação. “Ele prevê importantes inovações nas práticas pedagógicas e curriculares e o aperfeiçoamento de conteúdos e metodologias educacionais. É um passo importante também para a ampliação e melhoria da oferta de vagas de educação infantil e ensino fundamental”, afirmou.

O valor total do projeto será de R$ 32.397.330 até 2024, com recursos da prefeitura. “O projeto é uma política de Estado, estruturante, com reflexos nas próximas décadas. É um projeto de futuro para a cidade, já que a melhoria da educação se estende ao longo do tempo e precisa ser assumida por toda a sociedade”, enfatizou o secretário municipal da Educação, Adriano Naves de Brito.

O acordo prevê a conclusão de oito obras de escolas de educação infantil, que permitirão a criação de aproximadamente 1.280 vagas para crianças de zero a 5 anos. Elas serão feitas por meio do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos, também parceiro nesse projeto.

Também serão elaboradas diretrizes curriculares para a educação básica, levando em conta a Base Nacional Comum Curricular. Além disso, haverá melhoria dos resultados de aprendizagem dos estudantes por meio da criação de metodologia de avaliação da qualidade da educação, formação continuada de professores e elaboração e aprovação dos projetos de prevenção e combate a incêndios em todas as escolas municipais.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Funcionário de funerária é demitido após tirar foto com o corpo de Maradona
Anvisa recebe documentos com os resultados dos testes da vacina da Pfizer contra o coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar