Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Política Presidente do Congresso indica a Bolsonaro que tolerância a rompantes autoritários do governo é baixa

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Benefício foi autorizado em ato publicado no último dia 12. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O senador e presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP) disse ao presidente Jair Bolsonaro, nesta sexta-feira (17), que nem tudo o que se quer, ou que se pensa, pode ser dito a qualquer tempo, o que deve ser lido como um alerta de que é baixa a tolerância a rompantes autoritários do governo. O alerta foi sobre o vídeo gravado por Roberto Alvim —secretário da Cultura que acabou demitido no episódio

Bolsonaro já foi repreendido em novembro, quando as cúpulas do Congresso e do Judiciário se manifestaram contra as declarações do ministro Paulo Guedes (Economia) e do filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em defesa do AI-5.

Na manhã de sexta (17), auxiliares do presidente mostraram a ele os detalhes do vídeo de Roberto Alvim, pontuando as partes, para além do discurso, que faziam referência a Joseph Goebbels. Até então, relatam aliados, Bolsonaro acreditava na versão do secretário, de que se tratava de coincidência. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Pabllo Vittar alcança 10 milhões de seguidores em rede social
Comissão de ética da Presidência viu conflito de interesses no governo Dilma em casos similares ao do chefe da Secom de Bolsonaro
Deixe seu comentário
Pode te interessar