Sábado, 18 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fog

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Mundo Presidente dos Estados Unidos diz a governadores de Flórida e Texas: ajudem a combater o coronavírus ou “saiam do caminho”

Compartilhe esta notícia:

Presidente norte-americano diz ter recebido um relatório da sua comunidade de inteligência sobre o assunto. (Foto: Lawrence Jackson/The White House)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu que os governadores republicanos do Texas e da Flórida, onde estão concentrados cerca de um terço de todos os novos casos da covid-19 no país, sigam as orientações de saúde pública ou “saiam do caminho”, enquanto o país luta para combater a rápida propagação da variante Delta.

Biden também anunciou que os Estados Unidos doaram mais de 110 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 a 65 países, mas a Casa Branca manteve seu foco amplamente na crise em casa: surtos de covid-19 em dois Estados liderados por republicanos e que representam uma proporção exagerada do número de casos no país.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, se opôs a restrições rígidas para combater a covid-19. Na última sexta-feira (30), ele emitiu um decreto que proíbe a obrigatoriedade da exigência de máscaras nas escolas do Estado. O governador do Texas, Greg Abbott, emitiu um decreto este ano que multa estabelecimentos que exijam o uso obrigatório de máscaras.

“Alguns governadores não estão dispostos a fazer a coisa certa para vencer essa pandemia, e eles deveriam permitir que empresas e universidades que queiram fazer a coisa certa possam fazê-la”, disse Biden, sem se referir aos dois governadores pelo nome.

“Eu digo aos governadores: se não vão ajudar, pelo menos saiam do caminho”.

Perguntado posteriormente se DeSantis e Abbot estavam tomando decisões que prejudicam seus cidadãos, Biden disse: “Acredito que o resultado dessas decisões não é bom para seus cidadãos”.

Um a cada três novos casos de covid-19 nos EUA foi registrado na Flórida e no Texas na última semana, afirmou o coordenador da resposta à pandemia da Casa Branca, Jeff Zients, a jornalistas.

Vacinação

Para ressaltar a eficácia e importância da vacinação, o presidente destacou que, embora o país esteja enfrentando um novo aumento no número de casos, as hospitalizações e mortes não tiveram um crescimento proporcional.

Outro fator essencial a observar, afirmou Biden, é que a grande maioria das pessoas que estão internadas ou que ainda morrem de covid nos EUA não tomaram nenhuma dose de nenhuma vacina contra a doença.

Segundo o presidente norte-americano, o país lida agora com uma “pandemia dos não vacinados”.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a delta já foi detectada em pelo menos 96 países e é cerca de 55% mais transmissível que a alfa, variante inicialmente identificada no Reino Unido e atualmente presente em pelo menos 172 países. A alfa já era cerca de 50% mais contagiosa que o vírus original e provocou novas ondas de infecções em vários países no início do ano.

“Devido ao aumento na transmissibilidade, a delta deverá superar rapidamente as outras variantes e se tornar a variante dominante nos próximos meses”, diz a OMS.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

China registra maior número de casos de coronavírus desde janeiro, e funcionários locais são punidos
Mundo supera 200 milhões de casos de coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar