Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Mostly Cloudy

Brasil Prima de ator assassinado afirma que o sogro dele era “muito possessivo, ao extremo”

O crime ocorreu no ultimo domingo (9)(Foto: Reprodução/Facebook @isabela.tibcherani)

Os familiares do ator Rafael Miguel, de 22 anos, assassinado neste domingo (9), ficaram consternados com a tragédia. Além dele, seu pai e sua mãe também foram mortos em frente a casa da namorada do jovem, Isabela Tibcherani. O principal suspeito, apontado como autor por testemunhas, é o pai da menina, Paulo Cupertino Matias, sogro do artista que ficou conhecido pelo papel de Paçoca na novela infantil “Chiquititas” e pelo comercial em que pedia brócolis no supermercado.

Nesta segunda-feira (10), ocorreu o velório da família e a prima do ator, Maria do Carmo Viana, conversou com a imprensa. Ela negou os boatos de que a Isabela estaria grávida e disse que o sogro de Rafael ” é muito possessivo, ao extremo”. Apesar disso, ela afirmou que ninguém imaginava que sua postura contrária ao relacionamento chegaria a esse ponto. “Olha, não vou dizer que não [havia preocupação]. Mas, jamais, inclusive a Isabela, imaginou que ia a esse ponto. Uma agressão talvez pelo destemperamento dele e ameaça também não”.

“Está todo mundo inconformado, não tem explicação”, lamentou Maria do Carmo. Ela explicou por que as vítimas estavam no local do crime. “O Rafael é uma pessoa do coração muito bom, queria ajudar e então mostrar pro pai dela, junto com os pais dele, que é um garoto de respeito, de família. Foi com os pais pra que isso acontecesse e ele visse que ele não é qualquer um”, destacou ela, demonstrando a dificuldade de se referir ao primo no passado.

Confira a entrevista de Maria do Carmo Viana transmitida no programa da Rede Pampa, A Tarde é Sua:

 

O caso

Os pais de Rafael, João Alcisio Miguel, de 52 anos e Miriam Selma Miguel, de 50, teriam dado uma carona à Isabela e ficado no local, junto com o ator, para conversar com a família dela sobre o relacionamento dos jovens. O pai da menina teria surpreendido a todos com os disparos e fugido. Ele está foragido desde os segundos após os disparos. O caso foi enquadrado como homicídio consumado, e a polícia de São Paulo investiga as motivações para o ato e busca o responsável.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Caso Neymar: outro advogado deixa defesa de Najila
Quadrilha é presa em Guaporé após sequestrar empresário na saída de shopping de Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar