Segunda-feira, 25 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

Política Primeira-dama deve passar por cirurgia nos próximos dias, diz Bolsonaro

Compartilhe esta notícia:

Presidente viaja para semana de recesso na base de Aratu. Michelle Bolsonaro informou que problema "não é grave", mas não deu detalhes

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Presidente viaja para semana de recesso na base de Aratu. Michelle Bolsonaro informou que problema "não é grave", mas não deu detalhes. (Foto: Reprodução/Valter Campanato/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (27) que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, deve passar por uma cirurgia nos próximos dias. Mais tarde, a própria primeira-dama falou com jornalistas e disse que o problema que pode fazer com que ela passe por cirurgia “não é grave”, mas não deu detalhes.

O presidente também não detalhou o procedimento, mas disse que, em razão dessa possibilidade, Michelle não viajará com ele à Base Naval de Aratu, na Bahia. Bolsonaro embarca para a área privativa da Marinha no litoral baiano nesta sexta-feira, e volta para Brasília em 5 de janeiro.

Bolsonaro mencionou a cirurgia ao ser questionado por jornalistas quem o acompanharia na viagem à Bahia. O presidente estava em frente ao Palácio da Alvorada, onde cumprimentava simpatizantes. “Não [Michele não vai à Bahia], ela está com um problema de…Problema não, vai fazer uma, talvez uma cirurgia nesses dias aí”, disse ele.

Primeira-dama diz que “não é grave”

Pouco depois de o presidente ter feito as declarações, a própria primeira-dama foi até entrada do Palácio da Alvorada. Questionada por jornalistas sobre a possibilidade de cirurgia, ela respondeu apenas que “Não, não é grave”. Michelle não deu mais detalhes.

O Palácio do Planalto foi questionado sobre a cirurgia a que a primeira-dama pode ser submetida. Em nota, o Planalto disse que não comentará o assunto. Com isso, Bolsonaro deve passar o réveillon em Aratu acompanhado de uma irmã e da filha mais nova, Laura, e de “alguns parentes perdidos”, segundo ele.

Na conversa com jornalistas, em frente ao Palácio do Alvorada, Bolsonaro fez piada sobre o fato de viajar sem a primeira-dama e disse que Michelle “cedeu a Laura para ele”, em referência à filha.

“Outra coisa, eu vou para pescar, mas geralmente ela não gosta de pescar. Então, para ela não ficar chateada, deixa ela ficar aqui. E tem o pessoal da Ceilândia, para ficar aqui com ela”, declarou Bolsonaro. A família de Michelle Bolsonaro mora em Ceilândia, região administrativa a 40 km do centro de Brasília.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Prefeitura paga integralmente a folha dos servidores na segunda-feira
As contas do governo federal têm um rombo de 80 bilhões de reais de janeiro a novembro
Deixe seu comentário
Pode te interessar