Quarta-feira, 08 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Light Drizzle

Brasil PGR pede prisão do ex-presidente Fernando Collor

Compartilhe esta notícia:

Segundo a PGR, Collor recebeu R$ 29,95 milhões em propina. (Foto: Marcelo Camargo/ Divulgação Agência Brasil)

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu durante esta quinta-feira (25), a condenação do senador e ex-presidente brasileiro Fernando Collor (PROS-AL). A solicitação foi feita ao Supremo Tribunal Federal (STF), com uma pena de 22 anos, oito meses e 20 dias de prisão na Operação Lava-Jato.

De acordo com a PGR, Collor recebeu R$ 29,95 milhões em propina entre 2010 e 2014. Além da pena, a procuradora também pediu a aplicação de multa de 1400 salários mínimos, em valor igual ao da época em que os supostos crimes foram cometidos.

Segundo delatores ouvidos pelo Ministério Público, o senador recebeu mais de R$ 20 milhões em propina para facilitar contratos da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras. Os supostos pagamentos teriam sido feitos pelo doleiro Alberto Youssef, seu auxiliar, Rafael Ângulo e pelo dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

CEEE reestabelece serviço após 29 mil clientes ficarem sem luz na capital
Superior Tribunal de Justiça confirma decisão que soltou funcionários da Vale
Deixe seu comentário
Pode te interessar