Segunda-feira, 13 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Mist

Política Procuradoria-Geral da República envia ao Supremo parecer a favor de prorrogação de inquérito

Compartilhe esta notícia:

Investigação apura suposta interferência do presidente Bolsonaro na PF.

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Saída dos quatro procuradores ameaça comprometer as investigações de combate à corrupção.(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

A PGR (Procuradoria-Geral da República) enviou nesta terça-feira (2) ao ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), parecer a favor da prorrogação, por mais 30 dias, do inquérito aberto pela PF (Polícia Federal) para apurar a suposta interferência política do presidente Jair Bolsonaro na corporação policial e o crime de denunciação caluniosa por parte do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro.

Na semana passada, a delegada Christiane Correa Machado, chefe do serviço de Inquéritos da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado, pediu mais 30 dias para concluir a investigação criminal. Diante do pedido, o ministro Celso de Mello, relator do inquérito, pediu a manifestação da Procuradoria-Geral da República antes de autorizar o prosseguimento das investigações.

Desde que Moro foi exonerado do Ministério da Justiça, o presidente nega que tenha pedido para o então ministro interferir em investigações da Polícia Federal.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Rio Grande do Sul tem quase 10 mil casos de coronavírus
Pedidos de auxílio emergencial em análise somam 11 milhões
Deixe seu comentário
Pode te interessar