Terça-feira, 26 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Cloudy

Rio Grande do Sul O Rio Grande do Sul encerrou o mês de março com 305 casos confirmados de coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Máscaras foram destinadas a profissionais de saúde.

Foto: Neusa Jerusalém/SES
Pacientes curados permanecem na lista de casos confirmados da doença. (Foto: EBC)

Divulgado na noite desta terça-feira (31), o mais recente boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual da Saúde) do Rio Grande do Sul contabiliza 305 casos confirmados de coronavírus em 51 municípios. São 176 homens e 129 mulheres, de faixas etárias variadas. Porto Alegre segue liderando o ranking gaúcho, com 190 diagnósticos positivos desde o dia 10 de março, data do primeiro registro da doença no Estado.

Em segundo lugar aparece Bagé, com 15 casos, seguido de perto por Caxias do Sul (13). Os demais foram notificados em Canoas (8), Torres (7), Lajeado (5), Santana do Livramento e São Leopoldo (4), Erechim, Ivoti e Serafina Corrêa (3). Já Alvorada, Anta Gorda, Bento Gonçalves, Campo Bom, Capão da Canoa, Estância Velha, Novo Hamburgo, Pelotas, Rio Grande e Santa Maria figuram com dois pacientes cada. Outras cidades possuem um caso.

A SMS (Secretaria Municipal da Saúde) de Porto Alegre postou em sua conta no Twitter a informação sobre dois novos casos de cura da Covid-19 na capital gaúcha, ambos oficializados nesta terça-feira. Trata-se de um homem de 33 anos e de uma idosa de 90 anos. Eles se unem a uma estatística que abrange um total de 26 remissões da doença na maior cidade do Estado, que empate com Novo Hamburgo em número de óbitos (dois para cada).

Aporte financeiro

O governo do Estado pagou nesta terça-feira R$ 20 milhões aos municípios para a manutenção de programas locais como Estratégia Saúde da Família, Núcleo de Apoio à Atenção Básica, Centros de Atenção Psicossocial e outros. Esse montante é proveniente do Tesouro do Estado.

Também foram disponibilizados antecipadamente pela Secretaria da Saúde os recursos de produção da alta e média complexidade ambulatorial e hospitalar (Teto MAC). O valor de R$ 24,8 milhões, do governo federal, beneficia mais de 200 instituições gaúchas (hospitais, clínicas e laboratórios) que prestam serviços por meio do SUS (Sistema Único de Saúde).

O montante é um complemento aos R$ 23 milhões pagos na quarta-feira da semana passada, tamném provenientes do Tesouro do Estado e que abrangeram outros serviços de saúde, como UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e iniciativas como Primeira Infância Melhor e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Novo lote de máscaras

A Secretaria da Saúde distribuiu mais um lote de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para prevenção dos profissionais que atuam no atendimento a pacientes de Covid-19 no Rio Grande do Sul. No total, estão sendo entregues 710 mil unidades para serviços de saúde dos municípios e hospitais gaúchos.

Também foram enviados 633 mil luvas de procedimento látex e mais de 40,6 mil aventais de manga longa (tamanho único) que estão sendo fornecidos ao Estado pelo Ministério da Saúde. Outros EPIs, como sapatilhas descartáveis, óculos de proteção transparentes em policarbonato e álcool-gel para pele e superfícies também fazem parte do carregamento enviado às 19 Coordenadorias Regionais de Saúde, que por sua vez fazem a entrega às prefeituras.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Em novo decreto contra o coronavírus, governo determina o fechamento do comércio em todo o Rio Grande do Sul até o dia 15
Bolsas da Europa abrem em queda de até 4% com número de mortes pelo coronavírus subindo no mundo
Deixe seu comentário
Pode te interessar