Sábado, 08 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy / Wind

Variedades Roberto Carlos está de aniversário nesta segunda. Aos 80 anos, o músico mais popular do Brasil revela que o isolamento afetou as suas manias

Compartilhe esta notícia:

Cantor e compositor está recluso em seu apartamento por causa da pandemia. (Foto: Jorge Bispo/Divulgação)

Isolado em seu apartamento no bairro da Urca, Zona Sul do Rio de Janeiro, o cantor e compositor Roberto Carlos completa 80 anos nesta segunda-feira (19). Em entrevista ao jornal “O Globo”, ele defende a vacina, diz que vai comemorar o seu aniversário recebendo o amor do público à distância e conta que a pandemia potencializou o seu já famoso Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC).

O músico brasileiro mais popular do País nas últimas seis décadas revela: das manias associadas ao problema, o hábito de lavar as mãos e higienizar tudo em volta foi o que se tornou ainda mais rigoroso desde que o coronavírus chegou, exigindo uma série de restrições e preocupações. “Eu lido com a pandemia com muito cuidado, até exagerado”, admite. “Não estou curado, mas lutando.”

A vaidade também foi afestada. Apreciador de sorvete e de programas televisivos como o reality-show “Big Brother Brasil”, da Rede Globo, o “Rei” se viu obrigado a deixar de lado alguns cuidados com a aparência. Dentre eles está o alisamento do cabelo com “chapinha”, já que receber a cabeleireira e maquiadora de sua confiança é algo que ele ainda não voltou a fazer, por precaução – a segunda dose da vacina está próxima.

“Estou feliz”

Mesmo sem shows, discos e outras possibilidades no atual contexto, Roberto Carlos garante que está feliz e com planos. “Eu sou um cara de muitos sonhos aos 80 anos e tenho aproveitado o momento para refletir sobre a vida, pensar em passado, presente e no futuro”, prossegue, sem se deixar fotografar – ao menos no atual momento.

“Eu me arrependo de algumas coisas que não fiz e outras poucas coisas que fiz”, continua. Enquanto aguarda a segunda dose da vacina (“defendo a ciência e tudo que alguém diz em nome dela”), ele deseja comemorar a data recebendo o amor do público “à distância”, destaca.

Ele também não esconde o receio de que as pessoas se aglomerem em frente ao seu prédio, com bolo e cartazes, como costuma acontecer nos últimos anos. “Mas esse afastamento continuará apenas por pouco tempo, ao menos é o que acredito”, ressalva.

Roberto conta, ainda, que os planos para um futuro próximo estão a todo vapor. Além do início das filmagens de um longa-metragem dirigido por Breno Silveira e que contará a vida do artista, está programada uma turnê pelo México em fevereiro do ano que vem, seguida pela volta do projeto “Emoções em Alto Mar” (com apresentações em um navio de cruzeiro).

Uma apresentação de aniversário em Cachoeiro de Itapemirim (ES), sua terra natal, está marcada para abril, seguida do início de uma turnê pelos Estados Unidos. Em junho de 2022, ele pretende realiza o projeto “Emoções: Praia do Forte” e, na sequência, uma série de shows pela Europa.

Antes de tudo isso, está confirmado o lançamento de um dueto com a cantora paraense Liah Soares na próxima novela das 21h da Globo, “Um Lugar ao Sol”. A entrevista completa para “O Globo” pode ser conferida na íntegra no site globo.com.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Os amores do Rei: Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos, comemorados nesta segunda
Carla Diaz relaxa na piscina e brinca: “Tranquilidade de quem não vai para o paredão”
Deixe seu comentário
Pode te interessar