Terça-feira, 16 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Colunistas Seleção Brasileira de 70 – para sempre ser lembrada

Compartilhe esta notícia:

“Éramos Seis” foi em frente, mas Giulia Buscacio continua na Globo, agora na edição especial de “Novo Mundo” no papel da índia Jacira. (Foto: TV Globo/Divulgação)

O futebol sempre tem presença importante na grade das emissoras. Domingo, a reprise de Brasil e Argentina, Copa das Confederações de 2005, marcou média de 15,6 pontos na Globo.

Antes, São Paulo e Barcelona, final do Mundial de Clubes de 1992, fechou com 3,76, número bem interessante para os padrões da Band.

Mas nada chamou tanto atenção como Brasil e Itália, decisão da Copa do Mundo, no México, em 1970, exibida no SporTV.

Foi o primeiro mundial transmitido para o nosso País, ao vivo, ainda em preto e branco, por um pool de emissoras formado pela Globo, Band e REI – Rede de Emissoras Independentes, representadas por Geraldo José de Almeida, Walter Abrahão, Fernando Solera, João Saldanha, Oduvaldo Cozzi, Rui Porto e Leônidas da Silva como narradores e comentaristas.

Nesse domingo, na reprise do jogo com Cleber Machado – inspirado e relembrando momentos da transmissão de 70, ao lado de Caio Ribeiro, foi possível assistir, de novo ou pela primeira vez e em um outro tempo, o melhor momento de um selecionado brasileiro em campo. E para alguns, a oportunidade de ver o que Pelé, Tostão, Rivellino, Gerson e companhia bela até hoje representam na história do futebol.

TV Tudo

A propósito

Numa dessas coincidências da vida, informação do jornalista Fábio Piperno:

— A revista France Football dessa semana está homenageando a seleção brasileira de 1970. Título: “Inesquecível”.

Aí sim

E na reprise de São Paulo e Barcelona, a Band usou o áudio original, com narração de Luciano do Valle. No estúdio, apresentação de Oliveira Andrade e Elia Jr.

Por acaso, domingo, 19 de abril, dia do sexto aniversário do seu falecimento.

Vai indo

A conversa, Band com Tom Cavalcante, deve apresentar desdobramentos interessantes muito em breve.

Entre o que já foi discutido, um programa, aos domingos, faixa das 22h.

Música

Moysés, filho de Edir Macedo, está se lançando como cantor. Muito na dele, vem se valendo das redes sociais, usando o nome de Mike.

“Se Você for Minha Namorada” pode ser ouvida no YouTube.

Assim não

A Band, nas madrugadas, 2h10 às 2h40, tem um novo programa, “+ Info”, com a reprise das principais matérias dos seus telejornais.

É bem feito. Só falta creditar os nomes dos repórteres e seus entrevistados.

Live na Band

O “Música na Band” estreou no formato “live” na última sexta-feira, com show de Leo Santana. Na próxima, às 22h45, será a vez de Felipe Araújo.

Já estão programadas também apresentações ao vivo de Simone e Simaria, Lauana Prado, Matheus e Kauan, Bruno e Marrone e Edson e Hudson.

Na onda

Entre as tantas lives, tem gente trabalhando na ideia de Silvio Santos fazer a dele, reportando um pouco do seu cotidiano, nesses dias de confinamento.

Nelson Rubens é um dos incentivadores.

Decisão acertada

“Éramos Seis” foi em frente, mas Giulia Buscacio continua na Globo, agora na edição especial de “Novo Mundo” no papel da índia Jacira.

“Fiquei feliz e triste ao mesmo tempo com a volta da novela. Feliz por ela ter sido escolhida. E triste pelo motivo que ela está voltando ao ar. Mas a Globo foi muito responsável com todos os funcionários e tomou a decisão certa em paralisar as produções”, declara a atriz.

Um pouco diferente

O “Domingo Espetacular”, da Record, em sua última edição, já apresentou uma paginação um pouco diferente.

A parte jornalística, principalmente assuntos relacionados ao coronavírus, já sofreu uma certa diminuição. Não foi mais tão intensa. Há o desejo de seguir um caminho diferente do “Fantástico”, da Globo.

Ano que vem

Em se tratando de Record, para não dizer que não existe nenhuma, a possibilidade da novela “Topíssima 2” entrar em produção ainda na atual temporada é das mais remotas. Só em 2021.

E isso na melhor das hipóteses. Há quem não mais acredite na sua realização.

Paredão

O “BBB20” promove na noite de hoje mais um superparedão, movimentando Babu Santana, Manu Gavassi e Mariana Gonzalez. Segundo o seu pessoal, daqui até a final, só grandes disputas. A audiência continua correspondendo e as redes sociais, agitadas.

C´est fini

Os últimos registros de audiência têm revelado um equilíbrio bem interessante entre as novelas que a TV Globo vinha exibindo e agora, forçosamente, durante a pandemia.

Os índices de “Totalmente Demais” e “Fina Estampa” são praticamente os mesmos. “Novo Mundo”, às 18h, é que ainda apresenta ligeira queda em relação a “Éramos Seis”.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Não imaginavam que embarcariam nesta viagem
Bolsonaro joga a toalha e decide articular sua “base”
Deixe seu comentário
Pode te interessar