Domingo, 23 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Mostly Cloudy

Capa – Caderno 1 Senado deve concluir reforma da Previdência em 45 dias, prevê líder governista

Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) entregou à PF a senha do seu celular durante a Operação Desintegração. (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

A reforma da Previdência ainda nem chegou ao Senado, mas já tem recebido prazos para a conclusão. O líder do governo na Casa, Fernando Bezerra (MDB-PE), acredita que em até 45 dias a reforma estará aprovada em definitivo. “Nas avaliações que temos feito, é possível, a partir da chegada aqui no Senado, de obter essa aprovação nos dois turnos em 45 dias”.

A perspectiva do líder é mais otimista que a da presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS). Segundo ela, a votação deve ocorrer em 60 dias, uma vez que a análise do tema na comissão deve levar, no mínimo, três semanas.

Na avaliação de Bezerra, a discussão é mais fácil no Senado por ter apenas 81 parlamentares, enquanto na Cãmara são 513. Ele também se mostrou tranquilo quanto à aprovação. Disse que o governo tem maioria no Senado, e que existem votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência. “A avaliação nossa é que o governo deverá ter, para a votação da reforma da Previdência, entre 54 e 60 votos mais ou menos, para o texto que sair da Câmara”.

Aprovada em primeiro turno na última sexta-feira (12), a reforma da Previdência ainda será votada em segundo turno, na Câmara, apreciação prevista para ocorrer em 6 de agosto, após o recesso parlamentar. Só depois é que a medida seguirá para o Senado. Caso seja aprovada no Senado sem alterações, o texto vai à promulgação. Qualquer alteração no texto fará com que ele volte à Câmara para que sejam confirmadas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Procon realiza 5ª edição do Mutirão de Renegociação de Dívidas
Começa nesta quinta-feira a última fase de instalação das barreiras de concreto no corredor de ônibus da avenida Protásio Alves, em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar