Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Brasil Setor público registra déficit primário de mais de R$13 bilhões em agosto

Investimentos estrangeiros diretos recuam 11,9%, para US$ 47,5 bilhões. (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

O Banco Central divulgou, nesta segunda-feira (30), que o setor público consolidado registrou déficit primário de R$ 13,448 bilhões em agosto. O setor é formado por União, estados, municípios e empresas estatais e o resultado representa leve melhora em relação a agosto do ano passado, quando as contas ficaram negativas em R$ 16,876 bilhões.

O déficit primário representa o resultado negativo das contas do setor público desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública. No mês passado, segundo o BC, o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) teve déficit primário de R$ 16,459 bilhões.

Outros meses
Nos oito primeiros meses do ano, o setor público acumula déficit de R$ 21,95 bilhões. O déficit primário do Governo Central chega a R$ 42,535 bilhões de janeiro a agosto. O resultado negativo foi parcialmente compensado pelos superávits primários de R$ 19,815 bilhões pelos estados e municípios e de R$ 770 milhões das estatais (federais, estaduais e municipais).

O resultado do Banco Central é o levado em conta para o cumprimento da meta fiscal estabelecida na Lei de Diretrizes Orçamentárias e no Orçamento Geral da União, que corresponde a R$ 132 bilhões de déficit primário nos três níveis de governo e nas estatais para 2019. Este será o sexto ano consecutivo de resultados negativos nas contas públicas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Informante anônimo que denunciou Donald Trump vai depor esta semana
MEC prorroga prazo para vagas remanescentes do Prouni
Deixe seu comentário
Pode te interessar