Terça-feira, 11 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Light Rain

Política Morre, aos 89 anos, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Severino Cavalcanti

Compartilhe esta notícia:

Deputado federal por três mandatos, Severino renunciou em 2005 em meio ao escândalo do "mensalinho"

Foto: Reprodução de TV
Deputado federal por três mandatos, Severino renunciou em 2005 em meio ao escândalo do "mensalinho". (Foto: Reprodução de TV)

Morreu nesta quarta-feira (15), aos 89 anos, Severino José Cavalcanti Ferreira, ex-presidente da Câmara dos Deputados. O falecimento ocorreu durante a madrugada, no apartamento dele no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul de Recife (PE).

Segundo pessoas próximas à família, Severino era diabético e sofreu uma queda em 2019, quando fraturou o fêmur e a bacia. Uma cirurgia seria necessária, mas não foi feita devido à diabetes. “Ele estava dormindo na hora. Foi uma morte tranquila”, disse um dos filhos de Severino Cavalcanti, José Maurício Cavalcanti.

Severino Cavalcanti foi deputado federal por três mandatos: entre 1995 e 1999, entre 1999 e 2003 e entre 2003 e 2007. Ele renunciou ao último mandato em 21 de setembro de 2005 como desdobramento da denúncia de que cobrava propina de R$ 10 mil por mês do dono de um dos restaurantes da Câmara, no caso conhecido como “mensalinho”. Nesse mesmo ano, havia sido presidente da Câmara entre os meses de fevereiro e setembro.

Além da atuação como deputado federal, Severino Cavalcanti também foi deputado estadual por sete mandatos, entre os anos de 1967 e 1995. Entre 1964 e 1966, foi prefeito de João Alfredo. O ex-parlamentar retornou à gestão do município entre os anos de 2009 e 2012.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

A Câmara dos Deputados aprova que o dinheiro do auxílio emergencial não seja alvo de bloqueio judicial para o pagamento de dívidas
Hemocentro do Rio Grande do Sul precisa de doação de todos os tipos de sangue
Deixe seu comentário
Pode te interessar