Terça-feira, 19 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Abertas as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada do segundo semestre

Compartilhe esta notícia:

Sistema usa notas do Enem 2020 para selecionar alunos que estudarão em universidades públicas

Foto: EBC
Sistema usa notas do Enem 2020 para selecionar alunos que estudarão em universidades públicas. (Foto: EBC)

As inscrições para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) do segundo semestre foram abertas nesta terça-feira (03), na página oficial do programa, e terminarão na sexta-feira (06).

O processo, gratuito, leva em conta as notas dos candidatos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020 para selecionar alunos que estudarão em universidades públicas.

Quem pode participar?

Para se inscrever no Sisu, é preciso ter feito o Enem 2020 e tirado nota superior a zero na redação. Treineiros não podem participar do processo seletivo.

Como o Sisu funciona?

O candidato pode escolher até duas opções de curso no sistema. Até sexta-feira, é possível alterar a inscrição.

Mas por que alguém mudaria de ideia ao longo da semana? Pode ser uma questão estratégica, para aumentar as chances de aprovação. A partir de quarta-feira, o Sisu mostrará as notas de corte parciais com base no desempenho de quem se inscreveu até o momento em determinado curso.

Como é possível alterar suas opções até o fim de sexta-feira, as notas de corte vão mudando a todo momento. Elas são divulgadas uma vez ao dia (quarta, quinta e sexta-feira).

O João talvez desista, outra pessoa com nota maior pode se inscrever, e isso fará com que o patamar mínimo de aprovação para odontologia suba mais um pouco. É importante ficar atento a essas notas de corte. Se o seu desempenho for muito inferior, talvez valha mais a pena alterar sua inscrição.

Mas atenção: este é apenas um mecanismo para guiar os candidatos. A última nota de corte divulgada (na sexta-feira) não será necessariamente o patamar definitivo para selecionar os aprovados. Ainda haverá horas até o fim do prazo, com possíveis mudanças nas inscrições. Só será possível saber quem foi aprovado em 10 de agosto.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Governo federal estuda criar fundo de erradicação da pobreza com recursos das privatizações
Simone Biles conquista o bronze na trave na ginástica; Flávia Saraiva fica em sétimo
Deixe seu comentário
Pode te interessar