Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Cloudy

Política Supremo aprova orçamento de R$ 712 milhões para 2021 sem previsão de reajuste salarial aos ministros da Corte

Compartilhe esta notícia:

O salário dos ministros do STF teve aumento de 16% no início do ano passado

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O salário dos ministros do STF teve aumento de 16% no início do ano passado. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O STF (Supremo Tribunal Federal) aprovou, nesta quarta-feira (12), em sessão administrativa, a proposta orçamentária da Corte para 2021. O texto prevê R$ 712,46 milhões em gastos e não inclui reajuste no salário dos ministros, que corresponde ao teto do serviço público.

O valor da remuneração dos ministros do STF teve aumento de 16% no início do ano passado, repondo perdas salariais de 2009 a 2014, passando de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. Em 2020, não houve reajuste.

A proposta de orçamento do STF será encaminhada ao Poder Executivo, responsável por consolidar o Orçamento da União. De acordo com o presidente da Corte, Dias Toffoli, o orçamento foi reajustado conforme a inflação do ano anterior.

Ainda segundo Toffoli, para isso foram feitos cortes a fim de ajustar os gastos em cerca de R$ 76,1 milhões, os mais significativos na TV Justiça. Em 2020, o valor de gastos aprovado foi de R$ 686,7 milhões.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Live promove bate-papo sobre “o negro, a arte e a produção do conhecimento”
Projota e Melim se apresentam no Drive-in Air Festival, em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar