Sábado, 17 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

Rio Grande do Sul O ciclone bomba deixa mais de mil pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

Defesa Civil registra estragos em 16 cidades gaúchas

Foto: Prefeitura de Iraí/Divulgação
Defesa Civil registra estragos em 16 cidades gaúchas. (Foto: Prefeitura de Iraí/Divulgação)

A Defesa Civil Estadual informou, no início da manhã desta quarta-feira (01), que ao menos 1.035 pessoas, em 16 cidades gaúchas, estão fora de casa em função do temporal que atingiu o Rio Grande do Sul. Ao menos 871 residências foram danificadas pela passagem do ciclone. Entre os municípios mais atingidos estão Vacaria, Capão Bonito do Sul e São Sebastião do Caí.

Do total de desalojados, 520 pessoas são de Vacaria, 400 em Capão Bonito do Sul, 73 em São Sebastião do Caí, 30 em Muitos Capões, além de oito em Cambará do Sul e quatro em Lagoa Vermelha.

Em Iraí, no Norte do Estado, cerca de 300 residências ficaram parcialmente destelhadas. A Defesa Civil estima que cerca de 250 famílias foram afetadas. Já foram distribuídos aproximadamente 3 mil metros quadrados de lona. Em decorrência do destelhamento, quatro pessoas ficaram feridas.

Houve ainda destelhamento de 100 residências e do hospital municipal de Barracão. As cidades de Santa Vitória do Palmar, Morro Redondo, Paim Filho, Muitos Capões, Ibiaçá, Carlos Gomes, Itatiba do Sul, Tapejara e Cacique Doble também registram estragos em função do temporal.

Já em São Sebastião do Caí, a Defesa Civil precisou retirar dezenas de famílias que vivem às margens do rio Caí. A elevação das águas fez com que as famílias precisassem deixar suas residências. As pessoas afetadas foram levadas para o ginásio municipal no bairro Navegantes.

De acordo com a prefeitura, a expectativa é que águas do rio Caí cheguem aos 12 metros. Conforme o secretário de Planejamento e Desenvolvimento, Fernando Cofferri, há um cuidado ainda maior nesse momento. Em virtude da pandemia da Covid-19, todas as pessoas que estão sendo levadas para o ginásio estão cumprindo o distanciamento social. A prefeitura está disponibilizando ainda kits de luvas e álcool em gel, além de medir a temperatura de quem chega ao abrigo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Justiça indefere pedido de liminar para suspender regras no transporte coletivo em Porto Alegre
Laboratório da Fepam participa de projeto para detectar o coronavírus na rede de esgoto no Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar