Sábado, 28 de maio de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Partly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Mundo Turquia se opõe à entrada da Finlândia e Suécia na Otan

Compartilhe esta notícia:

Os turcos têm o segundo maior exército da Aliança Militar do Ocidente, atrás apenas dos Estados Unidos.

Foto: Reprodução
Os turcos têm o segundo maior exército da Aliança Militar do Ocidente, atrás apenas dos Estados Unidos. (Foto: Reprodução)

O presidente da Turquia, Recep Erdogan, se diz contrário a entrada da Suécia e da Finlândia na Otan. A fala ocorreu nesta sexta-feira (13), após o governo finlandês anunciar que vai pedir o ingresso na aliança militar.

Os suecos, em seguida, indicaram que também querem fazer parte da organização. De acordo com Erdogan, a Otan não pode insistir no erro cometido com a adesão da Grécia. O país, assim como Suécia e Finlândia, apoia os curdos, maior povo sem pátria do mundo.

O governo turco tem uma relação conturbada com os membros dessa etnia e considera o Partido dos Trabalhadores do Curdistão como um grupo terrorista. A sigla defende a criação de um estado independente, o que levaria a Turquia a perder parte do território atual.

Os turcos têm o segundo maior exército da Aliança Militar do Ocidente, atrás apenas dos Estados Unidos. A posição contrária da Turquia poderia interferir na entrada de Finlândia e Suécia na Otan, já que novas adesões dependem do apoio de todos os membros antigos da aliança.

A Rússia já havia anunciado que a adesão de novos países traria consequências. Moscou ainda ameaçou colocar armas nucleares no Báltico para garantir sua própria segurança.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Pesquisa inédita no Brasil busca novas variantes da covid
Ação de prevenção ao tabagismo ocorre neste domingo na Redenção, em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar