Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair / Wind

Porto Alegre Uma comissão da Assembleia Legislativa visitará um hospital infantil de Porto Alegre onde ocorre surto de coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Situação envolve profissionais do Hospital Materno Infantil Presidente Vargas. (Foto: Joel Vargas/PMPA)

Nesta quarta-feira (23), a Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa acolheu a proposição de seu vice-presidente, deputado Thiago Duarte (DEM), para que seja realizada uma visita técnica ao Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, em Porto Alegre. na manhã da próxima terça-feira (29). O objetivo é conferir a ocorrência de um surto de coronavírus na instituição.

Foi estendido a todos os parlamentares do colegiado o convite para a iniciativa, que será a quarta desse tipo pelo Grupo de Trabalho da Transparência do Combate à Covid. As visitas técnicas anteriores tiveram como endereço os hospitais Álvaro Alvim, Beneficência Portuguesa e o Parque Belém.

Além da recente denúncia feita ao Simers (Sindicato Médico do Rio Grande do Sul) sobre o surto de coronavírus entre os profissionais de saúde do Presidente Vargas, a instituição de saúde localizada na esquina da avenida Independência com a rua Garibaldi apresenta um histórico de problemas de infraestrutura e suprimentos que comprometem as condições de higiene do local.

No início do ano, motivou reportagens de âmbito nacional o acúmulo de lixo e a infestação de ratos no prédio. Também foi noticiada a infiltração de água no edifício, que chegou a ter a sua UTI (Unidade de Terapia Intensiva )Neonatal interditada devido à ocorrência de goteiras na área dos leitos em dias de chuva.

“Eu sou médico no hospital e nunca fui testado para coronavírus, neste prédio as pessoas entram sem serem monitoradas, sendo que  até em supermercados é medida a temperatura de quem entra”, comparou o médico Marcelo Matias, presidente do Simers, em recente entrevista à imprensa.

“A cada profissional de saúde que fica impedido de trabalhar muitos pacientes têm seu atendimento comprometido”, acrescentou o deputado estadual Thiago Duarte em relação à necessidade de EPIs (equipamentos de proteção individual) e testes de Covid-19 para os profissionais de saúde nos hospitais municipais de Porto Alegre.

Grupo de Trabalho

Formado no dia 30 de julho, o grupo de trabalho da Assembleia Legislativa sobre o tema tem por objetivo a fiscalização das ações de emergência de saúde, decorrente do coronavírus, pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Além de Thiago Duarte, assina a iniciativa o também deputado Tiago Simon (MDB).

O grupo conta, ainda, com a participação do médico Eduardo Dias (Simers), do vice-presidente do Cremers (Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul), Eduardo Trindade, e da médica Niura Dri, coordenadora do Núcleo de Estudos do HPS (Hospital de Pronto-Socorro).

Estão engajados à iniciativa, ainda, o diretor-geral do TCE (Tribunal de Contas do Estado), Cézar Luciano Filomena, a coordenadora-adjunta do Conselho Municipal de Saúde, Ana Paula de Lima, e a assessora do Ministério Público de Contas gaúcho, Isadora Formenton Vargas.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Grêmio e Inter se enfrentam pela Libertadores; Acompanhe
Supremo mantém contribuição sobre a folha de pagamentos para o Sebrae
Deixe seu comentário
Pode te interessar